Brasileira ganha competição com projeto de reuso de água potável

Avatar

Por Lucas Bicudo

17 de janeiro de 2017 às 09:31 - Atualizado há 4 anos

Logo ReStartSe

GRATUITO, 100% ONLINE E AO VIVO

Inscreva-se para o Maior Programa de Capacitação GRATUITO para empresários, gestores, empreendedores e profissionais que desejam reduzir os impactos da Crise em 2020

Nadia Ayad, uma brasileira recém-formada em engenharia de materiais pelo IME (Instituto Militar de Engenharia), foi a grande vencedora do desafio Sandvik, uma competição internacional que premia ideias que fazem o uso de grafeno – uma das formas cristalinas do carbono, 200 vezes mais resistente que o aço – de forma sustentável para moradias.

A empreendedora criou um projeto que usa o material em dispositivos de filtragem e sistemas de dessalinização, capaz de oferecer água potável para residências.

O projeto reduz significativamente os custos de energia com o reuso da água. Nele, o processo de filtração torna-se mais barato, eficaz e sustentável.

Atualmente, Nadia estuda o uso de biomateriais que induzam células-tronco a formar tecidos semelhantes aos das cartilagens em versão 3D.

(via Yahoo)

Não deixe de entrar no grupo de discussão do StartSe no Facebook e de inscrever-se na nossa newsletter para receber o melhor de nosso conteúdo!

[php snippet=5]