BMW usará Watson, da IBM, para fazer carros com tecnologia de US$ 7 trilhões

Da Redação

Por Da Redação

16 de dezembro de 2016 às 10:35 - Atualizado há 4 anos

Logo ReStartSe

Inscreva-se para o maior e mais audacioso evento de inovação, tecnologia e transformação digital já feito na América Latina. 30 dias que vão mudar sua visão de mundo, dos seus negócios e da sua carreira.

Online e totalmente gratuito - 01 a 30 de outubro/2020

A BMW acaba de fazer uma parceria com a IBM para usar o supercomputador Watson. A ideia é integrar o Watson nos carros da montadora e captar dados para fazer carros terem maior eficiência e maior personalização.

Isso não envolve apenas montar um carro autônomo – que não é o objetivo desta parceria. Envolve a utilização de IoT (Internet das Coisas) nos carros da BMW, um mercado estimado em US$ 7 trilhões em estimativas mais conservadoras (imagina as estimativas mais otimistas). Os carros serão imensamente melhorados com essa tecnologia.

A IBM vai “hackear” quatro BMWs i8 no HQ do Watson em Munique. A ideia é fazer com que eles fiquem melhores com as soluções que serão implementadas pela gigante americana. É a primeira grande parceria do Watson com montadoras desde o lançamento deste HQ, voltado para IoT, custou US$ 200 milhões.

Uma das novidades vai ser os serviços de diagnóstico para o carro – o “self-healing”, corrigindo problemas que surgirem ao longo do caminho. Também será implementado o “self-socializing”, como conectar com outros veículos, “self-learning”, como o próprio carro aprende sobre a direção dos motoristas e a manutenção, “self-figuring”, como o carro detecta e se adapta para as preferências do motorista e “self-integrating”, como eles se conectam com outros aparelhos de IoT.

A companhia também vai usar dados da Weather Company para avançar em sensores de clima, e com a Here – sua joint-venture com Daimler (dona da Mercedes) e Audi para mapas – para melhorar a qualidade dos dados de trânsito. De fato, é uma mudança grande para a humanidade: conversamos sobre isso no Conexão Vale do Silício, nosso programa quinzenal para discutir tecnologia e inovação.

(via TechCrunch)

Não deixe de entrar no grupo de discussão do StartSe no Facebook e de inscrever-se na nossa newsletter para receber o melhor de nosso conteúdo!

[php snippet=5]