Amazon quer criar centros de distribuição voadores (drones entregarão em casa)

Da Redação

Por Da Redação

29 de dezembro de 2016 às 10:40 - Atualizado há 4 anos

Logo Black Friday 2020

Nossos melhores Cursos Executivos ou Programas Internacionais com até 50% off

Quero saber mais

Vem aí a melhor formação de líderes do Brasil

Logo Liderança Exponencial Aprenda as novas competências fundamentais para desenvolver uma liderança exponencial e desenvolva diferenciais competitivos para se tornar um profissional de destaque no mercado.

100% online, aulas ao vivo e gravadas

Próxima turma: De 14 a 17/Dez, das 19hs às 22hs

Inscreva-se agora

Possível que o posto de empresa mais inovadora do mundo esteja com a Amazon nestes últimos anos. E ela está se esforçando genuinamente para manter este posto: uma patente da companhia mostra planos para criar centros de distribuição voadores, que permitiriam agilizar as entregas.

A ideia é simples: colocar zepelins voando pela cidade com os itens que deverão ser adquiridos pelos clientes, tornando-os o próprio centro de distribuição.

Um usuário pede alguma coisa e o CD envia um drone com esse produto para as mãos do cliente. Com isso, a entrega é feita em muito menos tempo do que se o centro ficasse nas margens das rodovias, como é feito atualmente.

A companhia também tem patentes para grandes veículos voadores para alimentar esses CDs, levando itens e pessoas para lá. Além disso, esses zepelins se tornariam grandes formas de obter dados sobre o clima.

A tecnologia vai transformar nossas vidas nos próximos anos: além das compras online com entrega instantânea através desses centros de distribuição, a Amazon também um plano para construir supermercados sem nenhuma fila. Falamos disso com frequência no Conexão Vale do Silício, nosso programa quinzenal sobre tecnologia. Não perca.

Não deixe de entrar no grupo de discussão do StartSe no Facebook e de inscrever-se na nossa newsletter para receber o melhor de nosso conteúdo!

[php snippet=5]