Yahoo à venda: Disney, Verizon e News Corp. estão entre possíveis compradores

Avatar

Por Júnior Borneli

3 de dezembro de 2015 às 10:45 - Atualizado há 5 anos

Logo ReStartSe

Inscreva-se para o maior e mais audacioso evento de inovação, tecnologia e transformação digital já feito na América Latina. 30 dias que vão mudar sua visão de mundo, dos seus negócios e da sua carreira.

Online e totalmente gratuito - 01 a 30 de outubro/2020

A pergunta sobre quem poderia comprar os negócios de internet do Yahoo começa a ter respostas, segundo um relatório publicado pelo Wall Street Journal, na última terça-feira.

Os compradores mais óbvios são do ramo de comunicações, mídia e também empresas de private equity.

A Verizon Wireless, que comprou a AOL por US$ 4,4 bilhões em junho desse ano e a IAC Interactive, uma holding de serviços online poderiam estar entre os interessados segundo o relatório, que cita fontes anônimas.

A News Corp., proprietária do WSJ também se considera uma possível compradora, caso o Yahoo desmembre alguns dos seus serviços.

Além dessas empresas, especula-se que a Comcast, que recentemente comprou a Vox esteja interessada, assim como a Disney, que tem explorado investimentos em negócios online, de acordo com o relatório.

Essas informações, porém, são um tanto quanto especulativas, uma vez que após o anúncio da venda o Yahoo ainda não foi ao mercado de maneira efetiva.

O que se especula muito nesse momento é o valor de mercado da empresa. Para alguns analistas, é importante considerar a participação da companhia no Alibaba Group, gigante chinesa do comércio eletrônico. O Yahoo é dono de 15% do negócio.

Os valores têm sido ventilados entre US$ 6 e US$ 8 bilhões, levando-se em conta o fato de a empresa ter US$ 5,8 bilhões em caixa, conforme apontado no seu último balanço.

Porém, é quase certo de que a venda só se concretizará a partir do momento em que os núcleos de negócios do Yahoo forem desmembrados. Assim os compradores podem fazer ofertas assertivas para a fatia do negócio que as interessa.