WhatsApp deve estar normalizado até o final da tarde; Zuckerberg comemora

Avatar

Por Paula Zogbi

17 de dezembro de 2015 às 15:07 - Atualizado há 5 anos

Logo ReStartSe

GRATUITO, 100% ONLINE E AO VIVO

Inscreva-se para o Maior Programa de Capacitação GRATUITO para empresários, gestores, empreendedores e profissionais que desejam reduzir os impactos da Crise em 2020

De acordo com o Sindicato Nacional das Empresas de Telefonia e de Serviço Móvel Celular e Pessoal (SindiTelebrasil), a expectativa é de que o aplicativo de mensagens WhatsApp, que foi suspenso temporariamente à meia noite desta quinta-feira, voltará ao normal em todo o Brasil até o final da tarde de hoje, segundo informações da Agência Brasil.

A ideia do Ministério Público era que o app fosse suspenso por 48h para a realização de uma investigação por parte da justiça, mas ao meio dia de hoje, apenas 12 horas depois do bloqueio, o desembargador Xavier de Souza, da 11ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça de São Paulo, determinou o restabelecimento do serviço. Em algumas operadoras, o app já envia e recebe mensagens normalmente.

Em nota enviada à imprensa, a operadora Oi, uma das maiores do país, disse que “ obteve liminar na Justiça suspendendo o bloqueio do aplicativo whatsapp, que havia entrado em vigor à zero hora desta quinta-feira (17/12), por determinação judicial dada em primeira instância. Tão logo recebeu ontem (16/12) a ordem de bloqueio, a companhia tomou todas as providências para cumprir a medida e realizou o bloqueio em sua rede conforme a decisão judicial, mas também decidiu recorrer contra a decisão, para preservar os interesses de seus consumidores”.

Mark Zuckerberg, dono do Facebook, que controla o aplicativo de mensagens, já comemorou em sua página da rede social. “WhatsApp está de volta no Brasil! Suas vozes foram ouvidas e o bloqueio foi suspenso. Obrigado à nossa comunidade pela ajuda para resolver isso!”, diz a postagem. Nesta manhã, ele havia dito que era “um dia triste para o país”.