US$ 252 bilhões serão investidos em inovações para o mercado educacional

Avatar

Por Júnior Borneli

16 de fevereiro de 2017 às 14:01 - Atualizado há 4 anos

Logo Novo Curso

Transmissão exclusiva: Dia 08 de Março, às 21h

Descubra os elementos secretos que empresas de sucesso estão usando para se libertar do antigo modelo de Gestão Feudal de Negócios.

Inscreva-se agora
Logo Cyber Monday 2020

Só hoje, nossos melhores Cursos Executivos ou Programas Internacionais com até 50% off

Quero saber mais

Durante os últimos 150 anos, a maioria dos modelos de aprendizagem – especialmente em relação às crianças – mudou muito pouco: um professor ou palestrante fica na frente da sala de aula explicando ideias ou introduzindo fatos enquanto os alunos sentam e ouvem com materiais de aprendizagem, livros e apostilas.

Agora, porém, as tecnologias digitais estão começando a transformar as salas de aula. Mais alunos estão usando computadores ou tablets, e os professores estão cada vez mais usando telas para ilustrar aspectos de suas aulas. Os livros didáticos físicos estão sendo substituídos por serviços interativos on-line mais atualizados e aprofundados, que permitem que os alunos explorem e aprendam a seu próprio ritmo.

Isso é importante por causa de dois fatores determinantes. Primeiro, os alunos de hoje já nascem com DNA digital. Quando consideradas como um negócio, as instituições de ensino precisam atender à demanda digital de seus consumidores – as pessoas que estão constantemente expostas a tecnologias digitais fora da sala de aula passaram a esperar as mesmas capacidades digitais dentro das quatro paredes de um ambiente de aprendizagem.

Isso provocará uma mudança profunda na forma como aprendemos. Por isso, o StartSe decidiu reunir empresários, executivos e educadores em um evento chamado Edtech Class. O objetivo é entender como startups da área de educação estão introduzindo novas tecnologias e criando novos modelos de negócio.

O grande acesso à tecnologia tem gerado uma necessidade latente de tornar a educação um mercado altamente digitalizado, o que demandará um alto volume de investimentos. Segundo o site americano Business Insider, US$ 252 bilhões serão investimentos em inovações no mercado educacional até 2020.

Edtechs é como são chamadas as empresas recém criadas, altamente tecnológicas, que atuam no segmento da educação. São as startups do mercado educacional. Para entender melhor esse mercado, inscreva-se no Edtech Class.