Uma das maiores startups brasileiras montou o SnapChat das corporações

Da Redação

Por Da Redação

6 de dezembro de 2016 às 10:55 - Atualizado há 4 anos

Logo Black Friday 2020

Nossos melhores Cursos Executivos ou Programas Internacionais com até 50% off

Quero saber mais

Vem aí a melhor formação de líderes do Brasil

Logo Liderança Exponencial Aprenda as novas competências fundamentais para desenvolver uma liderança exponencial e desenvolva diferenciais competitivos para se tornar um profissional de destaque no mercado.

100% online, aulas ao vivo e gravadas

Próxima turma: De 14 a 17/Dez, das 19hs às 22hs

Inscreva-se agora

Comunicação é importante em qualquer ambiente de trabalho. É através da comunicação constante que sabemos se o trabalho está sendo feito, se estamos atingindo as expectativas de nossos clientes, chefes e demais stakeholders.

É pensando na necessidade de comunicação constante entre times corporativos que a Sambatech criou uma solução interessantíssima: o Kast, uma espécie de Snapchat corporativo, permitindo que a comunicação entre os colaboradores seja elevada para um novo nível – elevando a produtividade de cada um.

“Kast é um aplicativo mobile baseado nas tendências de produtos sociais de consumidores para tornar eficaz a comunicação em ambientes corporativos”, afirma Michael Filippo, CEO da nova iniciativa, em entrevista ao StartSe. Ser mobile dá uma possibilidade de movimentação imensa e centraliza as demandas, facilitando para o usuário deste aplicativo.

Um boost de produtividade é importante para que empresas tenham aumento de ganhos, alcancem mais clientes. Além disso, é a principal ferramenta para que uma noção se torne próspera. “Com alguns cliques, é fácil compartilhar áudio, vídeo, foto e texto entre os colegas de trabalho, tornando a informação acessível a todos”, complementa.

Além disso, o Kast permite guardar essa comunicação, de forma que a pessoa possa sempre conferir aquele conteúdo quando necessário. “Pense que o Kast é um SnapChat corporativo, mas só com histórias colaborativos e conteúdo que não desaparece, mas fica arquivado para o usuário poder se referir depois”, destaca.

O uso se torna fácil por ser algo que já está no cotidiano das pessoas usualmente, que é o uso das redes sociais. “O Kast permite que times se comuniquem e se eduquem da mesma maneira que escolhemos a fazer em nossa vida pessoal; pelo celular e por rich-media, gerado pelo usuário final”, completa.

Melhora nas vendas

Segundo Michael, o Kast é ideal para melhorar uma das áreas mais importantes de qualquer empresa: a área de vendas. “É focado principalmente para times de vendas trocarem informações sobre atualizações de produtos, ganhos e perdas, casos de sucesso e estratégias de vendas”, destaca.

Ele destaca que muitas empresas podem se beneficiar de uma iniciativa de comunicação dessas – e muitas já viram os benefícios. “A maioria das empresas reconhecem as vantagens de aplicativos sociais, e queriam os utilizar para engajar e tornar mais produtiva a comunicação entre funcionários”, acredita.

O grande diferencial do Kast para o próprio Snapchat ou outras formas de comunicação é que ele foi desenhado para o mercado corporativo. “Mas dificilmente conseguem achar um que é enterprise-ready; seguro, desenhado para integrações, equipado com single sign-on e gestão de times, entre outros. O Kast incorpora os features do mundo social com as necessidades do mundo corporativo”, salienta o CEO.

A Sambatech optou pelo modelo “freemium” com o aplicativo, ideal para que seja testado pelas corporações. “Kast é grátis para utilizar, todos os features básicos até 5 GB de armazenamento, e premium pago para gestão de pessoas e conteúdo, e armazenamento de conteúdo aumentado”, conta.

Grandes empresas já estão usando

“Há vários times de grandes empresas utilizando o Kast”, destaca Michael, destacando que muitos segmentos da economia podem se beneficiar de maior comunicação. “Alguns mercados incluem produtos e serviços de tecnologia, telecomunicações, grandes instituições de ensino, consultoria, finanças e transportes”, completa.

Contudo, como o Kast está no início dos pilotos com a maioria desses times, a Sambatech não revelou nenhum nome – contudo, fontes indicam que uma das 10 maiores empresas do mundo está neste projeto piloto. Contudo, elas mostram que é uma tendência trabalhar com startups para inovar em processos internos.

Essa é uma preocupação central de grandes empresas e que tentamos suprir através do Corporate Class, um evento exclusivo em São Paulo, para tratar da conexão de grandes empresas e startups. Isso é primordial para que elas continuem avançando.

Não deixe de entrar no grupo de discussão do StartSe no Facebook e de inscrever-se na nossa newsletter para receber o melhor de nosso conteúdo!

[php snippet=5]