Um ano depois, a Tesla enfim mudou de nome e vai buscar novos mercados

Da Redação

Por Da Redação

2 de fevereiro de 2017 às 11:42 - Atualizado há 4 anos

Logo ReStartSe

Inscreva-se para o maior e mais audacioso evento de inovação, tecnologia e transformação digital já feito na América Latina. 30 dias que vão mudar sua visão de mundo, dos seus negócios e da sua carreira.

Online e totalmente gratuito - 01 a 30 de outubro/2020

Depois de um ano de espera, a Tesla Motors mudou de nome para Tesla Inc. Isso sinaliza que a companhia está interessada em deixar de ser apenas uma “montadora” de automóveis e passar a produzir outros produtos também – como telhas que geram energia e baterias.

A empresa adquiriu a SolarCity, também de Elon Musk, e passará a vender todo o tipo de equipamento para produção de energia solar. A mudança já era esperada há um ano.

 

Outra mudança famosa

O Steve Jobs parecia saber que o iPhone seria um divisor de águas para o futuro da Apple, mesmo antes dela vender um smartphone sequer.

Em 9 de janeiro de 2007, Jobs decidiu mudar o nome da Apple Computers para Apple Inc., a empresa que conhecemos hoje. Naquele mesmo dia foi lançado o primeiro iPhone, que evidenciou os novos caminhos que a marca estava disposta a tomar.

A mudança no nome da Apple, feita por Steve Jobs lá em 2007, foi justificada com uma frase do maior jogador de hockey da história Wayne Gretzky: “eu caminho para onde eu sei que o disco estará, não para onde ele já esteve”. Para onde será que a Tesla vai?

Faça parte do maior conector do ecossistema de startups brasileiro! Não deixe de entrar no grupo de discussão do StartSe no Facebook e de inscrever-se na nossa newsletter para receber o melhor de nosso conteúdo!

[php snippet=5]