Twitter é o próximo a ser vendido? CEO Jack Dorsey responde

Avatar

Por Lucas Bicudo

27 de julho de 2016 às 16:34 - Atualizado há 4 anos

Logo ReStartSe

Inscreva-se para o maior e mais audacioso evento de inovação, tecnologia e transformação digital já feito na América Latina. 30 dias que vão mudar sua visão de mundo, dos seus negócios e da sua carreira.

Online e totalmente gratuito - 01 a 30 de outubro/2020

O Twitter não anda muito bem das pernas e o preço de suas ações despencaram, tirando alguns bilhões de dólares de seu valor de mercado.

Com a atual temporada de aquisições – destaque para a Verizon comprando o Yahoo por US$ 4,8 bilhões na última semana e a Microsoft engolindo o LinkedIn por US$ 26,2 bilhões  – a especulação é de que o Twitter seja o próximo gigante da tecnologia a ser comprado.

Durante conferência de resultados trimestrais, que aconteceu na última terça (26), um analista perguntou ao CEO Jack Dorsey qual era o sentido do Twitter continuar operando como uma companhia independente ao invés de se aliar com uma gigante para captar todos os tipos de investimentos que a plataforma precisa.

“Nosso conselho de administração tem uma responsabilidade de sempre considerar essa pergunta. A resposta é sempre o que é apropriado para a companhia. Nós apresentamos nosso plano para 2016 e estamos nos preparando para apresentar nosso plano para o ano que vem de maneira que possamos executá-lo responsivamente.

Como CEO tenho percebido muito a força de focar em algo e executa-lo de forma disciplinada. O último ano é um exemplo disso e as mudanças que estamos fazendo em nosso produto são frutos de um estudo em cima dos últimos cases de sucesso, comentários em tempo real e notícias que nos ajudam cada vez mais a reter e engajar usuários. Eu acho que ainda há tanta lenha para queimar não somente em relevância de serviço, mas principalmente em relevância de marca.

Nós agora estamos focados em consertar o que não está dando certo e no que realmente importa. Já vemos belos sinais de que estamos na direção correta e eu tenho muita confiança de que teremos a habilidade de crescer de forma sustentável ao longo do tempo”.

(via Business Insider)

Mensagem do Editor
Ei, tudo bom?
Gostaria de agradecer pela visita! Meu nome é Felipe Moreno, sou editor-chefe do StartSe e, como muito de vocês, dono de uma (minúscula) startup de mídia.
E vou te fazer um pequeno convite: vamos bater um papo! É só se cadastrar aqui embaixo e eu vou te enviar alguns e-mails para você com o melhor do nosso conteúdo para te ajudar, seja você um empreendedor, funcionário, investidor ou apenas interessado neste maravilhoso mundo!
É um caminho de comunicação direto que nenhum outro portal oferece para seus leitores. E a intenção é construir uma comunidade vibrante que esteja preparada para todos os enormes desafios que virão. Vamos construir conhecimento e conteúdo juntos! Conto muito com a presença de vocês neste papo!
[php snippet=5]
E não é só isso! Você tem alguma sugestão de pauta? Quer conversar sobre sua startup? Assessora alguma empresa? Tem alguma dica que pode ajudar outros leitores? Quer ter a SUA matéria publicada no site?
O StartSe quer ouvir de VOCÊ, nosso leitor, o que precisamos fazer para melhorar cada vez mais o site! Deixamos o form abaixo para você, mas se quiser, basta mandar um e-mail para redacao@startse.com.br!
 [contact_bank form_id=3]
[php snippet=9]