Track tem inscrições prorrogadas até domingo

Da Redação

Por Da Redação

31 de março de 2017 às 16:58 - Atualizado há 4 anos

Logo ReStartSe

Inscreva-se para o maior e mais audacioso evento de inovação, tecnologia e transformação digital já feito na América Latina. 30 dias que vão mudar sua visão de mundo, dos seus negócios e da sua carreira.

Online e totalmente gratuito - 01 a 30 de outubro/2020

A organização do programa de aceleração de startups fintech Track, realizado pela Visa do Brasil em parceria com o centro de inovação do Vale do Silício GSVLabs e com a consultoria Kyvo, resolveu prorrogar as inscrições até às 24hs de domingo, dia 2 de abril.

Segundo Hilton Menezes, sócio-fundador da Kyvo, o prazo adicional foi concedido por conta da solicitação de alguns empreendedores que ainda estavam correndo com os preparativos finais para participar do processo de seleção. “A inscrição do Track é bem criteriosa e algumas empresas estavam com dificuldades. Por isso entendemos que era justo estender o prazo em mais dois dias”, disse o executivo.

As startups fintechs selecionadas pelo Track receberão investimento de R$ 235 mil cada. Além disso, o programa prevê uma série de iniciativas que o colocam como o mais atrativo do mercado brasileiro atualmente. Confira abaixo as principais características.

1 – Sem equity

O Track dispensa contrapartida de equity para as empresas aceleradas. Ou seja, para receber o incentivo e participar do programa, o empreendedor não tem de dar uma participação acionária da empresa em troca.

2 – Parcerias com a Visa

As fintechs participantes do Track terão a oportunidade de conhecer a operação da Visa no Brasil e, com isso, abrir uma série de oportunidades de trabalhos em conjunto com a empresa e todo o mercado financeiros do país. Isso vale inclusive para fintechs focadas em meios de pagamento.

3 – Foco no cliente

Ao mesmo tempo em que terá acesso a mentores do Brasil e Estados Unidos para preparar a empresa para uma fase de crescimento acelerado, a startup selecionada receberá consultoria da Kyvo para aprimorar a interface do serviço oferecido aos clientes.

4 – Intercâmbio no Vale do Silício

Do período de três meses de aceleração, o Track prevê um mês de experiência no centro de inovação da GSVLabs nos Estados Unidos, um espaço de mais de 7 mil metros quadrados e que abriga mais de 150 startups do mundo inteiro.

5 –Seleção de mentores

As fintechs selecionadas pelo Track terão acesso a um time de 170 mentores de grandes empresas americanas, e outros tantos grandes nomes brasileiros. Entre eles, Tallis Gomes, fundador do Easy Taxi, Tito Gusmão, do Warren, Erico Fileno, da Visa, Pedro Englert, do Startse e Romeo Busarello, da Tecnisa.

6 – Área exclusiva em SP

A capital paulista é onde as startups do Track receberão a maior parte das mentorias e trabalhos de desenvolvimento de suas ideias durante os cinco meses de aceleração e incubação do programa no Brasil. O co-working Plug, em Pinheiros, já tem 20 posições de trabalho só para os participantes do Track. Além dele, as fintechs participarão de atividades no Innovation Studio da Visa, também em São Paulo.

Se você se interessou pelo Track, faça a sua inscrição por este site.  O prazo final é domingo, dia 2 de abril.