Sua empresa pode quebrar! Ela faz tudo isso de errado?

Da Redação

Por Da Redação

20 de fevereiro de 2016 às 10:45 - Atualizado há 5 anos

Logo Black Friday 2020

Nossos melhores Cursos Executivos ou Programas Internacionais com até 50% off

Quero saber mais

Vem aí a melhor formação de líderes do Brasil

Logo Liderança Exponencial Aprenda as novas competências fundamentais para desenvolver uma liderança exponencial e desenvolva diferenciais competitivos para se tornar um profissional de destaque no mercado.

100% online, aulas ao vivo e gravadas

Próxima turma: De 14 a 17/Dez, das 19hs às 22hs

Inscreva-se agora

Parabéns. Sua empresa começa a andar para frente e você começa a acreditar que seu modelo está validado. Seus amigos te tratam como Deus, o Steve Jobs do Brasil, o Bill Gates que fala português. Até que ela quebra e seus sonhos vão por água a baixo.

É para evitar esse destino trágico que Caroline Piquin, coordenadora de marketing da Aceleratech, e Vinícius Machado, gestor de projetos da Aceleratech, vieram ensinar os empreendedores presentes no Accelerator Day deste sábado (20). Para eles, são 5 os principais motivos para quebra: 1) briga de sócios 2) investimento em marketing na hora errada 3) falta de dinheiro 4) gerenciamento ineficiente de caixa  5) falta de agressividade

“O mais óbvio é a briga de sócios”, diz Carol. Sócios brigam. Ponto. Mas é muito importante manter um alinhamento constante. E evitar expectativas diferentes. “Alguns sócios tem valores diferentes. Um quer dominar o mundo, outro quer dominar o mundo”, conta Vinícius.

O segundo mais óbvio é a falta de dinheiro. É verdade que um empreendedor de sucesso costuma ser uma pessoa com uma condição material acima dos demais – mas não é instantâneo, geralmente as pessoas passam por muitas dificuldades. “Muitos empreendedores vem reclamar de dinheiro comigo, mas quando a gente vê, ele vai para a balada toda semana encher a cara”, alerta Vinícius.

Por isso, ser austero é fundamental no começo da sua jornada. “Você não precisa de um grande salário, precisa comer e viver”, alerta Carol. A coordenadora de marketing da Aceleratech avisa que o planejamento não precisa ser de curto prazo: o ideal é ter dinheiro para manter a empresa por dois anos. Mesmo assim, a falta de dinheiro épode vir muito em consequência da gestão ineficiente do dinheiro, a falta de planejamento.

Accelerator Day

Accelerator Day

Com dinheiro em caixa, você passa a tomar muitas decisões erradas – lembrem de várias tomadas de decisão que quebraram empresas pequenas. Tudo isso pode ser evitado com uma personalidade menos esbanjadora. “A gente avalia muito a personalidade da pessoa, se você esbanja muito, provavelmente não vai saber gerir bem o caixa da sua empresa”, diz Vinícius.

O principal gasto errado, provavelmente, deve ser o gasto com a aquisição de clientes (possivelmente o maior gasto que uma startup tem atualmente) que “sai do jeito errado”. “Muitas vezes o empreendedor investe em marketing na hora errada. Do jeito errado, fala com o público errado, não com quem vai tomar as decisões”, alerta Carol lembrando que isso pode quebrar tua empresa.

O menos óbvio, e talvez o mais interessante dos 5 motivos seja a falta de agressividade de fazer o negócio crescer e acontecer – e essa “passividade” pode fazer com que a sua empresa acabe. “O brasileiro tem vergonha de ser agressivo, não quer ser chato, inconveniente”, diz Carol.

No fundo, o mindset é MUITO importante para que a startup tenha sucesso lá na frente – e a disposição de fazer as coisas do jeito certo e aprender provavelmente vai determinar o destino da sua empresa. “Tem que ter na cabeça que vai ser você e mais alguns sócios para fazer tudo, de lavar o chão a fazer as vendas”, finaliza Carol.