Startup que conecta empresas e caminhoneiros recebe investimento do Bradesco

Da Redação

Por Da Redação

9 de março de 2017 às 12:27 - Atualizado há 4 anos

Logo ReStartSe

Inscreva-se para o maior e mais audacioso evento de inovação, tecnologia e transformação digital já feito na América Latina. 30 dias que vão mudar sua visão de mundo, dos seus negócios e da sua carreira.

Online e totalmente gratuito - 01 a 30 de outubro/2020

Uma startup que conecta empresas e caminhoneiros autônomos, a Rede Frete Fácil, recebeu um investimento do inovaBra Venture, fundo de investimento do Bradesco destinado à startups que totaliza R$ 100 milhões. O valor investido não foi informado, nem o valuation da companhia.

Segundo Murilo Domingos, CEO da startup, a parceria aconteceu de forma natural, depois da companhia ser selecionada pelo inovaBra há dois anos. “Trabalhamos com o Bradesco há quase dois anos, quando fomos selecionados pelo inovaBra Startups. De lá para cá desenvolvemos uma plataforma de gestão colaborativa de caminhoneiros autônomos integrada com o cartão Bradesco Transporte, produto para pagamento eletrônico de frete”, conta.

Este fundo é ligado ao programa de inovação aberta do banco. É bom ver uma instituição brasileira tão respeitada como o Bradesco procurando startups para investir e apoiar através de um programa corporativo. Tentamos ajudar empresas a entenderem a importância disso através do Corporate Class, um evento exclusivo sobre inovação corporativa.

O objetivo após o investimento é usar o recurso para crescer. “Esperamos crescer dez vezes no próximo ano, e esse investimento vai ser fundamental no processo”, conta Murilo. Com o aporte financeiro, o Bradesco ganhou espaço no Conselho de Administração da startup e passa a participar das decisões estratégicas, principalmente no que diz respeito a marketing, vendas e desenvolvimento de novos produtos.

Em seus dois anos de atuação a Rede Frete Fácil vem competindo com alguns outros grandes do segmento. Truckpad e CargoX disputam pelo título de “Uber dos caminhões” no Brasil, disputando o gigantesco mercado de logística que existe. A Rede Frete Fácil surge como uma terceira entrante.

Com mais de 100 mil caminhoneiros cadastrados, a empresa deve fechar 2016 com crescimento de mais de 300% no seu faturamento. “E nossas expectativas para 2017 são as melhores. Desenvolvemos novas funcionalidades para o produto, aprimoramos nossa tecnologia, otimizamos as operações e organizamos uma força de vendas com a atuação conjunta da Rede Frete Fácil, Bradesco e outros parceiros do banco. Com isso, aumentamos nossa capacidade de ofertar e distribuir a solução em larga escala”, completa o CEO.

Faça parte do maior conector do ecossistema de startups brasileiro! Não deixe de entrar no grupo de discussão do StartSe no Facebook e de inscrever-se na nossa newsletter para receber o melhor de nosso conteúdo!

[php snippet=5]