Startup do Dia: quer fazer um churrasco? Esse aplicativo vai te ajudar bastante

Da Redação

Por Da Redação

3 de agosto de 2016 às 00:15 - Atualizado há 4 anos

Logo ReStartSe

Inscreva-se para o maior e mais audacioso evento de inovação, tecnologia e transformação digital já feito na América Latina. 30 dias que vão mudar sua visão de mundo, dos seus negócios e da sua carreira.

Online e totalmente gratuito - 01 a 30 de outubro/2020

Eu tenho muito o hábito de pedir comida pelo aplicativo. Exageradamente, para falar a verdade.

Mas nunca consegui pedir ingredientes para preparar minha própria comida, sempre tive que ir no supermercado. Ao menos para o habitual churrasco, isso mudou, já que o LikeChurras chega ao mercado como o primeiro aplicativo de compra de carne do Brasil.

O aplicativo, disponível nas versões iOS e Android, a empresa já atua em todas as regiões de São Paulo capital e região metropolitana. E é um marketplace para quem quer comprar carnes para churrasco ou para o dia-a-dia.

Funciona como qualquer outro aplicativo de demanda: você insere o endereço e recebe o indicativo de quem entrega no seu local. Você pode fazer também uma entrega agendada, escolhendo a melhor data e horário para receber o pedido.  “A idealização desse projeto veio com nosso desejo de dar liberdade para os clientes escolherem e planejarem suas compras, adequando-as no melhor horário e data. No aplicativo, o usuário consegue também comprar os complementos para o churrasco, como sal grosso, carvão, temperos e bebidas. Tudo isso em um único local e sem precisar sair de casa”, explica Danilo Lastrucci, co-Fundador e Diretor Comercial do LikeChurras.

Na plataforma, é possível encontram seis especialidades em que o usuário pode fazer seu pedido para um churrasquinho completo. Os locais disponíveis possuem: carne para o dia a dia, cortes sob demanda, carnes exóticas, bebidas (sim, não pode faltar a amada cervejinha), itens complementares para o churrasco e promoções. Só faltou a bola do futebol da tarde.

O usuário só paga na hora que receber o produto. “Entendemos que quando se trata de carne, o valor pode variar de acordo com o peso das peças. Por isso, o preço final só é computado quando o pedido é finalizado nas boutiques e o cliente realiza o pagamento na entrega”, finaliza Lastrucci.

A empresa quer expandir a atuação do seu aplicativo para cidades do interior paulista e, até o final do ano, chegar em outras capitais como Rio de Janeiro, Brasília e Belo Horizonte.

Mensagem para você: 
 
Você tem uma startup? Quer aparecer no nosso portal? Inscreva-se na nossa plataforma e envie um e-mail para nosso editor-chefe!