Startup do Dia: na onda da economia por demanda, conheça o “Uber das modelos”

Avatar

Por Lucas Bicudo

22 de julho de 2016 às 16:30 - Atualizado há 4 anos

Logo ReStartSe

Inscreva-se para o maior e mais audacioso evento de inovação, tecnologia e transformação digital já feito na América Latina. 30 dias que vão mudar sua visão de mundo, dos seus negócios e da sua carreira.

Online e totalmente gratuito - 01 a 30 de outubro/2020

Lançada em 2015, a startup Job for Model é uma plataforma que conecta modelos e empresas sem as longas intermediações de agências, proporcionando agilidade ao processo e uma melhor captação de renda para esses profissionais, praticamente um Uber para modelos!

“A empresa foi criada por observarmos uma ineficiência no mercado de agenciamento de modelos. Os serviços oferecidos de maneira tradicional geralmente são caros e demorados. O objetivo da plataforma é trazer uma variedade maior de trabalho para modelos homens, mulheres e plus size. A partir de agora, um processo que demorava cerca de uma semana para ser finalizado, pode ser resolvido em poucos minutos”, explica Filipi Russo, CEO e fundador da startup.

Formado em administração pela FGV, com passagens por grandes empresas como BBVA, Banco Espírito Santo de Investimento e Refran Invest Multi Family Office, o CEO tem ao seu lado Juliane Rudolph, também fundadora da companhia, Diretora de Vendas, modelo profissional e empreendedora desde os 16 anos; e Roberto Barros, CTO, sócio-fundador, formado em Engenharia pela UNESP, e com passagens por empresas como Buscapé e Mercado Eletrônico.

De uma maneira prática, a plataforma permite que o contratante cadastre a sua oferta com informações sobre o local, valor do cachê, características desejáveis e a quantidade de modelos necessárias para a campanha. Após essa etapa, por meio de algoritmos, é feita uma combinação entre perfis, e as modelos com características compatíveis, recebem um alerta com a oferta do trabalho e podem se candidatar à vaga.

“Quem posta os trabalhos na plataforma são as empresas que querem contratar modelos, como, por exemplo, e-commerces, lojas de departamento, estilistas, empresas que participam de eventos e expositores. O fluxo ocorre sempre com as empresas postando o trabalho antes e as modelos se candidatando”, continua.

A startup também proporciona uma taxa de intermediação menor do que as oferecidas pelas agências, cobrando apenas 20% do valor anunciado após o serviço ser finalizado. O cadastro de empresas é feito gratuitamente e o algoritmo do Job For Model seleciona as modelos de acordo com o trabalho anunciado, sendo muito mais assertivo e garantindo a qualidade do serviço oferecido.

A empresa também valoriza muito a segurança e todos os anúncios e modelos são verificados, para garantir a qualidade e prevenir qualquer tipo de desconforto.

“A contratação oferece um ambiente seguro para ambas as partes, verificando se a empresa de fato existe e se os dados batem com aqueles cadastrados. Quanto mais dados forem colocados no cadastro, mais rápido conseguiremos verificar as informações e ativar o cadastro da empresa, evitando qualquer transtorno”, afirma Russo.

A plataforma também torna possível a negociação direta com as modelos – o que não impede que a profissional tenha contrato com outras agências e que use o serviço como uma fonte extra de renda.

“Em termos de crescimento, o número de modelos contratadas pela plataforma tem crescido 60% ao mês, desde janeiro. Em termos de funding, fizemos uma rodada seed em outubro de 2015 e já estamos em negociação para uma nova rodada nas próximas semanas”, complementa.

O Job For Model tem atuação nacional e planeja atuar no exterior ainda no próximo ano. Atualmente, conta com mais de mil profissionais de moda e já tem grandes clientes, como Besni, Lucas Anderi e Mary Kay. “Os principais pontos para o futuro são: a criação do app, inserção de novos profissionais dentro da plataforma (fotógrafos, maquiadores, etc) e expansão internacional”, finaliza.

Mensagem para você: 
 
Você tem uma startup? Quer aparecer no nosso portal? Inscreva-se na nossa plataforma e envie um e-mail para nosso editor-chefe!