Startup do Cubo: Resultados Digitais é líder na automação de marketing

Software ajuda pequenas e médias empresas a ampliarem a geração de negócios e vendas utilizando ferramentas de marketing digital

Avatar

Por Lucas Bicudo

1 de dezembro de 2016 às 15:46 - Atualizado há 3 anos

O Cubo Coworking Itaú recentemente comemorou seu primeiro aniversário e promoveu um evento para empreendedores, investidores, representantes de grandes empresas, imprensa, startups e influenciadores do ecossistema. O StartSe esteve lá e teve a oportunidade de conhecer de perto as residentes da casa e seus projetos inovadores. Queremos te contar uma por uma, por isso damos início a série Startups do Cubo. A de hoje é a Resultados Digitais.

Trata-se da empresa líder do mercado latino americano em plataformas de automação de marketing. A companhia é desenvolvedora do RD Station, software que ajuda pequenas e médias empresas a ampliarem a geração de negócios e vendas utilizando ferramentas de marketing digital.

O software reúne uma série de soluções de automação para geração e nutrição de leads, email marketing, gestão de contatos e oportunidades, mídias sociais, otimização de sites e SEO, além de business intelligence e analytics.

Fundada em 2011 pelos sócios Eric Santos, Guilherme Lopes, André Siqueira, Bruno Ghisi e Pedro Bachiega, a empresa tem atualmente 380 colaboradores, com sede em Florianópolis e escritório em São Paulo.

Com o apoio de diversos fundos de investimento, a RD recebeu no final de 2013 sua primeira rodada de investimentos pelo DGF Investimentos, no valor de R$ 5 milhões.  Em julho de 2015, conquistou aporte de R$ 15 milhões pelas gestoras Redpoint eVentures, DGF Investimentos e Astella. Em 2016, a terceira rodada contou com R$ 62 milhões, liderados pela TPG Growth, com Redpoint eventures, Endeavor Catalyst e DGF Investimentos.

Com isso, a RD pretende expandir sua posição e continuar crescendo no Brasil. Nos últimos três anos, ela cresceu mais de 200% ao ano, alcançando 6 mil clientes e 700 agências parceiras. A perspectiva é crescer 150% em 2016. Outra frente que será priorizada com o aporte é a tecnológica. Uma das prioridades é ampliar os recursos de inteligência e analytics do RD Station, utilizando tecnologias como big data e machine learning.

Ainda neste ano, os cofundadores da empresa se tornaram empreendedores Endeavor, após seleção internacional em Bali, Indonésia.

Não deixe de entrar no grupo de discussão do StartSe no Facebook e de inscrever-se na nossa newsletter para receber o melhor de nosso conteúdo!

[php snippet=5]