Startup do Cubo: plataforma ajuda varejo a conhecer e engajar seus clientes

Com quantos clientes determinado estabelecimento consegue criar relacionamento estruturado? Como fazer isso?

Avatar

Por Lucas Bicudo

4 de novembro de 2016 às 11:24 - Atualizado há 3 anos

O Cubo Coworking Itaú recentemente comemorou seu primeiro aniversário e promoveu um evento para empreendedores, investidores, representantes de grandes empresas, imprensa, startups e influenciadores do ecossistema. O StartSe esteve lá e teve a oportunidade de conhecer de perto as residentes da casa e seus projetos inovadores. Queremos te contar uma por uma, por isso damos início a série Startups do Cubo. A de hoje é o Izio.

Trata-se de uma plataforma de marketing e relacionamento focada exclusivamente em ajudar o varejo a estabelecer engajamento, conhecer melhor seus clientes e aumentar faturamento. Afinal, quantos clientes determinado estabelecimento possui? E com quantos clientes ele consegue criar relacionamento estruturado? Como fazer isso? Essas perguntas o Izio ajuda a responder de forma prática.

“Percebemos que a maioria dos varejistas não conhecem seus clientes e, quando conhecem, não conseguem executar ações estruturadas e recorrentes de ofertas, promoções e pagamento, pois não possuem plataforma para isso”, comenta Christian Vincent, CEO da startup.

Confira um vídeo:

https://www.youtube.com/watch?v=PpSFE82w3cI

Os serviços da plataforma contemplam: captura e gestão de clientes; captura e gestão de hábitos de consumo; segmentação automática da base de clientes; criação de público alvo; réguas de relacionamento; ferramenta integrada de analytics; e preço/oferta por cliente, integrado com pagamento e sem impacto algum no PDV.

Atualmente, o Izio possui mais de 200 mil CPFs cadastrados, mais de 3,5 milhões de transações capturadas mensalmente e 230 milhões de registros em seu banco de dados para análises estatísticas.

“Nosso primeiro cliente já conheceu mais de 75% de seus consumidores em menos de 1 ano, já criou um processo de relacionamento estruturado e cresceu 23% em 2015 sem abrir lojas novas”, complementa.

Não deixe de entrar no grupo de discussão do StartSe no Facebook e de inscrever-se na nossa newsletter para receber o melhor de nosso conteúdo!

[php snippet=5]