Investidores internacionais acreditam na startup brasileira de US$ 1 bilhão

Avatar

Por Júnior Borneli

17 de março de 2015 às 09:26 - Atualizado há 6 anos

Vem aí a melhor formação de líderes do Brasil

Logo Liderança Exponencial Aprenda as novas competências fundamentais para desenvolver uma liderança exponencial e desenvolva diferenciais competitivos para se tornar um profissional de destaque no mercado.

100% online, aulas ao vivo e gravadas

Próxima turma: De 22 a 25/Fev - 2021, das 19hs às 22hs

Inscreva-se agora
Logo Cyber Monday 2020

Só hoje, nossos melhores Cursos Executivos ou Programas Internacionais com até 50% off

Quero saber mais

Durante a realização do South by Southwest, evento internacional de encontro entre investidores e empresas promissoras, realizado em Austin, no Texas, EUA, ficou claro que os problemas apresentados pela economia brasileira não afetaram a confiança dos investidores internacionais no potencial dos empreendedores brasileiros, narra Núria Saldanha, da +Innovators.

Essa afirmação tem muita relevância porque desse evento surgem as tendências para os próximos anos no mercado de venture capital. Só para entender a proporção do encontro, nas edições de 2007 e 2009 foram apresentados o Twitter e o Foursquare, respectivamente.

Precisa de ajuda para alavancar sua startup? Cadastre-se no StartSe (www.startse.com.br) e fale com investidores, mentores, aceleradoras e  fundos de investimento. É gratuito.

Os principais fundos de investimento estiveram presentes no evento e a opinião unânime é de que o Brasil ainda tem muito espaço para o crescimento do mercado de startups e é um dos países que mais chamam a atenção dos investidores.

Há, obviamente, uma diferença cultural entre os empreendedores daqui em relação àqueles que estão sediados no Vale do Silício. Mas o importante, conforme ressaltado durante o encontro, é a ousadia criativa que os empreendedores precisam adquirir para criar soluções que se transformem em grandes negócios globais.

A corrida pela criação da primeira startup brasileira de US$ 1 bilhão continua aberta. Façam suas apostas.