StartSe Base: Central do Franqueado facilita gestão de franquias

Avatar

Por Lucas Bicudo

23 de fevereiro de 2017 às 11:21 - Atualizado há 4 anos

Logo ReStartSe

Inscreva-se para o maior e mais audacioso evento de inovação, tecnologia e transformação digital já feito na América Latina. 30 dias que vão mudar sua visão de mundo, dos seus negócios e da sua carreira.

Online e totalmente gratuito - 01 a 30 de outubro/2020

Lançada em 2015, para facilitar o suporte, gestão e atendimento de franqueadores com unidades franqueadas, a Central do Franqueado (confira seu perfil na base do StartSe) atualizou seu software para uma plataforma modular – modelo inédito no setor.

A novidade permite que redes de franquias e negócios em geral contratem apenas as funcionalidades essenciais aos seus negócios, tornando a solução acessível a marcas que estão começando ou que possuem menor capacidade de investimento. A ideia é tornar o que antes era caro e muitas vezes inacessível em algo simples e fácil de utilizar.

“Um dos nossos grandes diferenciais é a flexibilidade na contratação e a não inclusão de custos altíssimos de implantação, o que muitas vezes é um custo oneroso que nossos concorrentes costumam praticar”, comenta o sócio Dario Ruschel.

São cinco módulos na plataforma, que funciona na nuvem com uma interface intuitiva: CAF (Central de Atendimento ao Franqueado), Operacional, Compras, Qualidade e Expansão. Como um conjunto, facilitam variadas etapas: a comunicação entre a matriz e os empreendedores, o treinamento e gestão da equipe, o relacionamento comercial entre as duas partes e outros fornecedores e a auditoria e monitoramento de padronização da operação e eficiência do negócio.

“Criamos o software para preencher um gap no mercado de franquias, que é garantir a qualidade do serviço e atendimento em todas as unidades com um valor que é totalmente de acordo a necessidade de uma franquia pequena até redes maiores”, continua, ressaltando a capacidade da ferramenta em também atender redes do varejo e outros tipos de negócios que não se enquadram no modelo de franchising.

O foco da Central do Franqueado são redes com mais de 20 unidades. No entanto, com o modelo sob demanda, Ruschel acredita que a plataforma se torna atrativa para negócios iniciantes.

“Para as franquias em fase de expansão, fica barato contratar apenas um ou dois módulos e incluir mais funcionalidades conforme a empresa cresça. Isso permite adotar um modelo de gestão semelhante ao utilizado por grandes empresas com um orçamento muito menor”, diz.

Para facilitar o cálculo do investimento necessário para implementar a solução, a plataforma disponibiliza uma ferramenta que permite prever o custo mensal de assinatura, conforme a quantidade de módulos contratados versus o número de usuários.

Confira um vídeo:

Faça parte do maior conector do ecossistema de startups brasileiro! Não deixe de entrar no grupo de discussão do StartSe no Facebook e de inscrever-se na nossa newsletter para receber o melhor de nosso conteúdo!

[php snippet=5]