Sortudo? Homem compra Google.com por apenas US$ 12

Da Redação

Por Da Redação

1 de outubro de 2015 às 16:38 - Atualizado há 5 anos

Logo ReStartSe

Inscreva-se para o maior e mais audacioso evento de inovação, tecnologia e transformação digital já feito na América Latina. 30 dias que vão mudar sua visão de mundo, dos seus negócios e da sua carreira.

Online e totalmente gratuito - 01 a 30 de outubro/2020

SÃO PAULO – Imagine comprar o Google.com, o domínio de internet mais usado na internet, por apenas US$ 12 (menos de R$ 50). É o que aconteceu com Sanmay Ved, ex-funcionário da empresa, que conseguiu comprar o domínio principal da empresa – por um único minuto. 

Ved estava pesquisando no Google Domains e percebeu que o Google.com estava disponível – ao invés de uma carinha cinza, havia a tradicional carinha verde, mostra o Business Insider. Ele achou que era um erro mas conseguiu terminar a transação.

E aí começou a acontecer algo muito, muito estranho: ao invés de receber o e-mail padrão falando que ele havia comprado o domínio, o que ele viu foi seu painel de controle do Google ser atualizado para um que permitisse alterações no site, além de começar a receber e-mails com informações internas do Google. Ele até teve acesso ao painel de webmaster por um longo minuto – podendo fazer um grande estrago. 

Ele contou toda a história em seu LinkedIn, inclusive o cancelamento da venda, algum tempo depois. “Agora eu posso dizer que fui dono do Google.com, pelo memos por um minuto”, disse. Ele não sabe como isso foi possível, ele acredita que foi um erro no Google Domains ou que a companhia simplesmente falhou em renovar o nome do domínio. 

Isso é inusitado, mas não é inédito: em 2003, a Microsoft esqueceu de renovar o endereço “Hotmail.co.uk” e alguém mais o comprou. A Microsoft teve que convencer o novo dono a vendê-lo novamente para a gigante.