Samsung planeja vender versões recicladas de seus aparelhos top de linha

Avatar

Por Lucas Bicudo

24 de agosto de 2016 às 14:30 - Atualizado há 4 anos

Vem aí a melhor formação de líderes do Brasil

Logo Liderança Exponencial Aprenda as novas competências fundamentais para desenvolver uma liderança exponencial e desenvolva diferenciais competitivos para se tornar um profissional de destaque no mercado.

100% online, aulas ao vivo e gravadas

Próxima turma: De 14 a 17/Dez, das 19hs às 22hs

Inscreva-se agora
Logo Black Friday 2020

Nossos melhores Cursos Executivos ou Programas Internacionais com até 50% off

Quero saber mais

A Samsung está planejando lançar um novo programa para vender versões recicladas de aparelhos usados de sua linha premium de smartphones. À medida que o crescimento do mercado de smartphones está estagnado, a Samsung quer maximizar a sua eficiência de custos e manter as margens operacionais acima de 10%.

A maior fabricante de smartphones do mundo vai reformar seus aparelhos top de linha que voltaram para a empresa por usuários que se inscreveram para programas de atualização ano-a-ano em mercados como Coreia do Sul e Estados Unidos.

Assim, a ideia da fabricante é reformar smartphones da empresa, captados de clientes do plano de atualização anual, antes de reencaminhar os aparelhos, diminuindo o preço dos produtos e aumentando o alcance dos smartphones.

A fonte que confirmou as informações não revelou o tamanho do desconto nos aparelhos usados, nem quais deles seriam aptos a participar dos programas.

Não ficou claro quais componentes do telefone seriam alterados pela Samsung. No entanto, smartphones reformados, na maior parte das vezes, recebem uma nova bateria e uma nova carcaça. Não é o ideal, mas trata-se de uma tentativa de expandir através de reutilização de aparelhos que todo mundo quer ter – os chamados top de linha.

Smartphones remodelados poderiam ajudar a Samsung a aumentar sua presença em mercados emergentes, como a Índia e aqui no Brasil, onde os dispositivos da empresa possuem um valor extremamente acima do mercado. Além disso, a companhia conseguiria afastar os rivais chineses que aparecem com aparelhos de baixo custo, no caso do primeiro país mencionado.

A questão é: com um mercado estagnado e lotado de competição, a Samsung faz movimentos para continuar configurando entre as melhores produtoras de telefones móveis do mundo.  A Deloitte diz que o mercado de smartphones usados movimentará US$ 17 bilhões este ano, com mais de 120 milhões de aparelhos negociados.

“Alguns consumidores podem preferir comprar smartphones reformados e usados, devido seu preço. Modelos top de linha usados podem marginalizar as vendas de novos dispositivos desses fabricantes”, disse a consultoria em um relatório.

(via Business Insider)

Mensagem do Editor
Ei, tudo bom?
Gostaria de agradecer pela visita! Meu nome é Felipe Moreno, sou editor-chefe do StartSe e, como muito de vocês, dono de uma (minúscula) startup de mídia.
E vou te fazer um pequeno convite: vamos bater um papo! É só se cadastrar aqui embaixo e eu vou te enviar alguns e-mails para você com o melhor do nosso conteúdo para te ajudar, seja você um empreendedor, funcionário, investidor ou apenas interessado neste maravilhoso mundo!
É um caminho de comunicação direto que nenhum outro portal oferece para seus leitores. E a intenção é construir uma comunidade vibrante que esteja preparada para todos os enormes desafios que virão. Vamos construir conhecimento e conteúdo juntos! Conto muito com a presença de vocês neste papo!
[php snippet=5]
E não é só isso! Você tem alguma sugestão de pauta? Quer conversar sobre sua startup? Assessora alguma empresa? Tem alguma dica que pode ajudar outros leitores? Quer ter a SUA matéria publicada no site?
O StartSe quer ouvir de VOCÊ, nosso leitor, o que precisamos fazer para melhorar cada vez mais o site! Deixamos o form abaixo para você, mas se quiser, basta mandar um e-mail para redacao@startse.com.br!
 [contact_bank form_id=3]
[php snippet=9]
E por último, não esqueçam de entrar no grupo de discussão do StartSe no Facebook! Lá poderemos debater tecnologia, inovação, startups, empreendedorismo e criar um ambiente saudável de troca de opiniões e networking!