Robô faz cirurgia cerebral em apenas 2 minutos

Avatar

Por Júnior Borneli

19 de Maio de 2017 às 10:14 - Atualizado há 4 anos

Vem aí a melhor formação de líderes do Brasil

Logo Liderança Exponencial Aprenda as novas competências fundamentais para desenvolver uma liderança exponencial e desenvolva diferenciais competitivos para se tornar um profissional de destaque no mercado.

100% online, aulas ao vivo e gravadas

Próxima turma: De 22 a 25/Fev - 2021, das 19hs às 22hs

Inscreva-se agora
Logo Cyber Monday 2020

Só hoje, nossos melhores Cursos Executivos ou Programas Internacionais com até 50% off

Quero saber mais

Você consegue imaginar o nível de capacitação exigido para que um médico faça uma cirurgia no cérebro? O mínimo deslize, de apenas alguns milímetros, pode comprometer a vida de um paciente. Ou seja, é impossível garantir que não aconteçam resultados indesejados, por mais capacitado que seja o cirurgião.

Por conta disso, diversas pesquisas no mundo todo visam criar tecnologias para evoluir esses tipos de procedimentos. Uma dessas iniciativas, da Universidade de Utah é o desenvolvimento de um robô capaz de reduzir o tempo em 50 vezes para completar um procedimento complicado no cérebro. Segundo notícia da CNN, o robô pode reduzir o tempo que leva para perfurar o crânio de duas horas para dois minutos e meio.

Tecnologias inovadoras como essa serão apresentadas durante o Health Tech Conference, evento que vai reunir as startups mais inovadoras do Brasil na área médica. Saiba como participar.

A pesquisa foi publicada na revista Neurosurgical Focus e a equipe diz que o robô é guiado em torno de áreas vulneráveis do crânio por dados recolhidos de tomografias computadorizadas. As tomografias mostram ao programa implementado no robô a localização de nervos ou veias que ele deve evitar.

Além da óbvia capacidade de salvar vidas que uma máquina assim teria, também poderia potencialmente economizar dinheiro ao longo prazo. Os tempos mais curtos da cirurgia permitirão custos mais baixos para a clínica e para o paciente também. Há também o benefício adicional de diminuir o tempo que um paciente está sob anestesia, o que pode causar complicações.

Robótica e automação estão transformando a forma como os médicos estão realizando diversas cirurgias. Alguns pacientes podem inicialmente se recusar a pensar em alguma máquina mexendo dentro deles, mas estes robôs podem executar com uma precisão que pode ser impossível para os seres humanos alcançarem.