Com Rent the Runway , WeWork entra no segmento de moda no trabalho

Da Redação

Por Da Redação

22 de outubro de 2018 às 06:41 - Atualizado há 2 anos

Vem aí a melhor formação de líderes do Brasil

Logo Liderança Exponencial Aprenda as novas competências fundamentais para desenvolver uma liderança exponencial e desenvolva diferenciais competitivos para se tornar um profissional de destaque no mercado.

100% online, aulas ao vivo e gravadas

Próxima turma: De 22 a 25/Fev - 2021, das 19hs às 22hs

Inscreva-se agora
Logo Cyber Monday 2020

Só hoje, nossos melhores Cursos Executivos ou Programas Internacionais com até 50% off

Quero saber mais

A Rent the Runway, serviço online que oferece aluguel de roupas e acessórios para designers, está inaugurando uma rede de caixas para devolução de roupas em 15 unidades da WeWork espalhadas pelos Estados Unidos. Elas serão colocadas no saguão dos espaços de trabalho compartilhado, ficando, portanto, acessíveis tanto para o público geral quanto para aqueles que trabalham nos escritórios. Em entrevista a Bloomberg, a CEO do serviço de aluguel de roupas, Jennifer Hyman disse que a iniciativa é o início de um processo de expansão da empresa. “Este é apenas o começo. Temos assinantes em muitos lugares nos Estados Unidos e, com a enorme presença da WeWork, há uma grande oportunidade de expandir essa rede de caixas para devolução.”

Até agora, as caixas só estavam disponíveis nas cinco lojas físicas da Rent the Runway, nos Estados Unidos. Elas se popularizaram entre os assinantes do serviço — que pagam uma tarifa mensal para ter acesso a um “guarda-roupa infinito” para ir trocando de peças — e também para aqueles que alugam itens individuais. Normalmente há um atraso devido aos tempos de envio, mas se o usuário devolver a peça em uma dessas caixas, reabrirá imediatamente um espaço na assinatura, o que permite escolher um novo item em seguida.

O acordo representa uma expansão significativa da presença física da Rent the Runway. Os executivos da empresa disseram que os membros e as localizações dos imóveis da WeWork se alinham bem com a base de assinantes do serviço de moda, composta por mulheres profissionais ocupadas.

Nova York, Los Angeles, Washington….

As primeiras unidades da WeWork que contarão com as caixas estarão em Nova York, Los Angeles, Washington, São Francisco, Chicago e Miami. Estandes temporários com roupas para alugar serão colocados em alguns locais para o lançamento. Segundo o presidente da WeWork, Artie Minson, essas parcerias são positivas para a comunidade de seus escritórios, que também contam com comodidades como cabines telefônicas com isolamento acústico e espaços comuns.  “As expansões futuras podem incluir a capacidade de oferecer acesso ao estoque e atendimento dentro das unidades da WeWork conforme a evolução dessa parceria atual”, disse o executivo.