Por quê algumas startups conseguem investimento e outras não?

Avatar

Por Júnior Borneli

9 de janeiro de 2017 às 13:19 - Atualizado há 4 anos

Logo ReStartSe

GRATUITO, 100% ONLINE E AO VIVO

Inscreva-se para o Maior Programa de Capacitação GRATUITO para empresários, gestores, empreendedores e profissionais que desejam reduzir os impactos da Crise em 2020

A grande maioria dos empreendedores que tem ou quer ter uma startup tem um único pensamento: conseguir investimento.

Antes de falarmos sobre alguns caminhos para se atingir esse objetivo, é importante frisar que nem toda startup precisa de um investidor e que, muitas vezes, ele pode até atrapalhar o negócio. O investimento – caso ele ocorra – deve ser usado para projetar o crescimento em escalada da empresa e o melhor momento para abordar investidores é quando você não depende do dinheiro para sobreviver.

Para entender melhor sobre investimento em startups e aprender tudo sobre o tema, conheça o Invest Class e fique frente a frente com os maiores investidores do Brasil durante 1 dia inteiro.

Mas voltando ao tema principal desse artigo, o que é preciso fazer ou ter para conseguir investimento para sua startup?

Investidores colocam dinheiro nas startups para que elas se multipliquem. Por isso a maioria dos aportes é feita em startups que estão em fase de expansão e ganho de escala e já passaram pela fase de validação da ideia e teste de produto. Nesse momento a startup está pronta para crescer rápido, aumentando base de clientes e faturamento. Esse é o cenário ideal para o investidor.

Outro ponto muito importante é o tamanho do mercado em que a startup está envolvida. Muitos empreendedores acreditam que quanto maior o mercado, melhor. E isso é uma meia verdade. Investidores gostam de mercados grandes, mas que estejam em expansão. Assim o ritmo de crescimento da startup pode ser muito maior. Mercados grandes, mas estagnados, não são tão atrativos assim.

A equipe que compõe uma startup também recebe atenção especial. Quanto mais complementares forem os co-fundadores e quanto maior e mais qualificado for o histórico profissional ou empreendedor dessas pessoas, melhor. Ter pessoas capazes de entregar resultados e comprometidas com o crescimento e valores da startup, é meio caminho andado para o sucesso.

Todo empreendedor precisa ser um bom vendedor. Para conseguir investimento, os empreendedores precisam ser capazes de mostrar para o investidor os valores da empresa, a solução que ela traz para um grande problema, as formas que ela pretende crescer e se expandir e de que forma isso vai acontecer. Além, claro, de demonstrar a capacidade da equipe de fazer as entregas necessárias.

Cada investidor tem uma forma de analisar uma startup. Grandes investidores como Marco Poli, Fábio Povoa, Pedro Englert e Edson Rigonatti analisam centenas de empresas todos os anos e aplicam em cada uma delas as suas teses de investimento.

Para entender a fundo como isso acontece e principalmente aprender com eles, indico que você participe do Invest Class. Em quase 10 horas de bate papo e troca de experiências, você poderá tirar todas as dúvidas e se preparar para uma futura captação, caso esse seja seu objetivo.