Papa Francisco anuncia aceleradora de startups do Vaticano

Objetivo é apoiar projetos inovadores na área da Educação.

Avatar

Por Júnior Borneli

10 de fevereiro de 2015 às 11:36 - Atualizado há 5 anos

O papa Francisco confirmou, no fim da última semana, a criação de uma aceleradora de startups no Vaticano. A confirmação se deu durante sua participação em um evento de apoio a ações educacionais inovadoras.

A plataforma, que vai se chamar Scholas.Labs, vai receber projetos inovadores do mundo todo que tenham como objetivo utilizar a tecnologia para melhorar a qualidade e o alcance da educação no mundo.

Os projetos cadastrados na plataforma serão avaliados por uma equipe de especialistas e os que foram selecionados receberão investimento e apoio ao longo de quatro meses, período de duração da aceleração. A iniciativa do Vaticano é sem fins lucrativos, ou seja, nenhuma parte do novo negócio fica com a aceleradora. A meta é apoiar dez projetos neste ano.

O interesse do Papa Francisco por ações inovadoras remete ao tempo em que ele ainda morava em Buenos Aires, quando apoiou a criação de diversas ações de promoção da educação.

Quando chegou ao Vaticano, o Papa Francisco levou consigo os projetos criados na Argentina e fundou a ONG Scholas, que reúne 370 mil escolas em todo mundo e que tem uma rede social própria, a Scholas Social.

Algumas grandes empresas como Globant, Microsoft, Google e IBM apoiam a iniciativa do Vaticano.

Para cadastrar projetos, basta acessar o site da Scholas.Labs. Lá você encontra as orientações necessárias.