Os aplicativos estão engolindo a internet aberta

Da Redação

Por Da Redação

5 de setembro de 2016 às 11:33 - Atualizado há 4 anos

Logo ReStartSe

Inscreva-se para o maior e mais audacioso evento de inovação, tecnologia e transformação digital já feito na América Latina. 30 dias que vão mudar sua visão de mundo, dos seus negócios e da sua carreira.

Online e totalmente gratuito - 01 a 30 de outubro/2020

Você costuma passar mais tempo olhando um aplicativo ou em um navegador explorando sites (a chamada a internet aberta)? Bom, nos Estados Unidos (país que demonstra a tendência de quase tudo) as pessoas já passam mais tempo em aplicativos do que no resto da internet.

Surpreendente, considerando que os aplicativos estão aí há muito menos tempo que a internet aberta. Os dados são da ComScore que mostrava que esse número era de 41% dois anos atrás.

Isso é ruim para os negócios que dependem da tal “internet aberta”, como o Google, um site de pesquisas para pessoas acharem sites na própria internet aberta. Contudo, por conta do Android, o Google também se beneficia do mundo dos aplicativos.

É notável que o mecanismo de busca do Google também sofre com essa mudança, já que o conteúdo que antes era indexável passa a migrar para aplicativos fechados.

A pesquisa da ComScore mostra que os americanos passam 57% do tempo na internet usando smartphones (e a grande maioria é através de aplicativos, contando por 50% do total) e apenas 32% em computadores desktop (completamente dominados pela internet aberta, embora o Windows 10 queira mudar isso). Os 11% restantes se dão em tablets (9% em apps, 2% em navegadores).

Mudanças…

(Via Business Insider)

[php snippet=5]
E por último, não esqueçam de entrar no grupo de discussão do StartSe no Facebook!