O Yahoo! está sendo vendido por preço de startup

Da Redação

Por Da Redação

20 de Maio de 2016 às 18:01 - Atualizado há 5 anos

Vem aí a melhor formação de líderes do Brasil

Logo Liderança Exponencial Aprenda as novas competências fundamentais para desenvolver uma liderança exponencial e desenvolva diferenciais competitivos para se tornar um profissional de destaque no mercado.

100% online, aulas ao vivo e gravadas

Próxima turma: De 22 a 25/Fev - 2021, das 19hs às 22hs

Inscreva-se agora
Logo Cyber Monday 2020

Só hoje, nossos melhores Cursos Executivos ou Programas Internacionais com até 50% off

Quero saber mais

Uma das marcas e negócios mais conhecidos da internet está a venda: o Yahoo!, um dos pioneiros da internet. O problema é que o preço de venda é muito baixo para um negócio MUITO conhecido.

A mídia americana reporta que as propostas pelo core-business do Yahoo!, aquele liderado por Marissa Mayer, está em cerca de US$ 2 bilhões ou US$ 3 bilhões – cerca de metade dos US$ 4 bilhões a US$ 8 bilhões estimados em Abril.

Sem ofensas a ninguém, mas esse é um valor que o mercado estimaria pagar por uma startup: o Spotify vale US$ 8 bilhões, o Lyft vale US$ 5 bilhões, Zenefits vale US$ 4 bilhões, SoFi vale US$ 4 bilhões, Meizu vale US$ 3 bilhões, CloudFare vale US$ 3 bilhões. Não é o que se espera pagar pelo Yahoo!, uma das únicas três empresas de internet do mundo com ao menos 1 bilhão de usuários (junto com Google e Facebook).

E quem levar o Yahoo! deverá levar uma lista de patentes que vale ao menos US$ 1 bilhão, fora a super popular rede social Tumblr, que o Yahoo! comprou pouco tempo atrás. E o valor é menor do que alguma das maiores aquisições já feitas por outras empresas de tecnologia: o Google pagou US$ 3 bilhões na Nest e na DoubleClick (em 2007!).

Ou seja, o Yahoo! é uma barganha que, talvez, esteja totalmente subvalorizada. US$ 3 bilhões por uma das três empresas com 1 bilhão de usuários na internet.

Quem será que leva?

 
Mensagem do Editor

Ei, tudo bom?

Gostaria de agradecer pela visita! Meu nome é Felipe Moreno, sou editor-chefe do StartSe e, como muito de vocês, dono de uma (minúscula) startup de mídia.

E te fazer um pequeno convite: vamos bater um papo! É só se cadastrar aqui embaixo e eu vou te enviar alguns e-mails para você com o melhor do nosso conteúdo para te ajudar, seja você um empreendedor, funcionário, investidor ou apenas interessado neste maravilhoso mundo!

É um caminho de comunicação direto que nenhum outro portal oferece para seus leitores. E a intenção é construir uma comunidade vibrante que esteja preparada para todos os enormes desafios que virão. Vamos construir conhecimento e conteúdo juntos! Conto muito com a presença de vocês neste papo!
[php snippet=5]