O Novo Papel do RH nas Empresas

StartSe

Por StartSe

12 de agosto de 2020 às 21:45 - Atualizado há 1 mês

Logo ReStartSe

Inscreva-se para o maior e mais audacioso evento de inovação, tecnologia e transformação digital já feito na América Latina. 30 dias que vão mudar sua visão de mundo, dos seus negócios e da sua carreira.

Online e totalmente gratuito - 01 a 30 de outubro/2020

Cada vez mais, o papel do departamento e profissionais de RH tem se tornado cada vez mais estratégico dentro das companhias.

Antes o “RH 1.0” se preocupava com tarefas administrativas, pagamentos e contratações, hoje o “Novo RH” está muito mais alinhado aos processos e planos da companhia. 

E uma das responsabilidades é capacitar os times e gestores para a Transformação Digital do mercado e do próprio negócio.

Luiz Carlos Cabrera, da PMC Amrop, um dos mais respeitados headhunters do mercado brasileiro, explica que o RH eficiente funciona como um verdadeiro co-piloto do líder da empresa.

“[O RH eficiente] é aquele capaz de prever os buracos, as curvas, as possíveis derrapadas e antecipar saídas, apontar atalhos, ajudar a ganhar velocidade e a economizar combustível. Ou seja: manter a empresa na melhor rota para seus negócios.”

Diante do cenário atual, ter profissionais de Recursos Humanos capazes de ajudar a empresa a enxergar um caminho neste cenário de incertezas, é algo primordial.

Não só para a saúde da empresa, como também para a saúde e bem-estar dos times. 

Que estão tendo que se adaptar a um novo modelo de trabalho (home office), estão inseguros com relação ao futuro, estressados para administrar pessoal e profissional, e em breve terão que se re-adaptar à nova rotina dentro das empresas.

O setor de RH há muito tempo deixou de ser operacional para se tornar o novo coração dentro dos negócios.

É ele quem cuida do bem mais valioso de qualquer empresa: seus times e talentos.

E hoje, mais do que nunca, as empresas estão percebendo que sem times alinhados, engajados e preparados para enfrentar tempos turbulentos, a “coisa não anda”.

Diante disso, agora os profissionais de RH também precisam atualizar e gerenciar seus processos com mais eficiência para atender essas novas demandas que estão surgindo dentro das empresas.

Atrair, engajar e capacitar talentos.

Manter o bem-estar dos times mesmo à distância.

Ajudar gestores e lideranças a se adaptarem a essa nova realidade das empresas.

Dentre outros tantos desafios e papéis que hoje fazem parte do Novo RH das Empresas.

A StartSe já reuniu mais de 10 mil profissionais de RH em nossos eventos para ajudá-los a entender as principais tendências e se adaptarem para suas novas funções.

E colhendo seus feedbacks, reunimos alguns dos maiores especialistas em gestão e lideranças de pessoas do país, para mostrar como você pode reinventar seu RH e transformá-lo no maior pólo de inovação da sua empresa.

A Formação Gestão Estratégica para RHs terá 2 dias de formação, e vai ajudar você a posicionar o RH como o agente transformador da cultura e inovações futuras.

– Mostrar quais são e como utilizar as Novas Tecnologias à disposição do RH;

– Entender os Novos Modelos de Negócio dentro das empresas, e como o RH deve se posicionar diante disso;

– Novas Práticas de Gestão e como isso pode impactar suas lideranças;

– Cultura x Performance: como alinhar times inteiros e medir seus resultados de forma transparente e sem atritos;

– Gestão por Contexto x Gestão por Controle

– Liberdade com Responsabilidade para os Times;

– Gestão por OKRs;

– As Novas Hard e Soft Skills e como desenvolvê-las de forma corporativa;

– As Novas Demandas e profissões do Futuro;

– O “RH do Futuro” e seu Novo Papel dentro das Organizações; e

– Como Reter e Engajar Talentos.

As inscrições para a próxima turma já estão abertas, e as vagas são limitadas a apenas 40 profissionais.

Acesse a página oficial para conferir o time de especialistas que irá te ajudar e garanta sua vaga com uma condição especial de desconto por tempo limitado.

>> Garanta sua Inscrição e transforme seu RH no pólo de inovação e talentos do seu negócio