O Google está se esforçando para corrigir o maior problema do Android

A ideia é trazer uma experiência, em certo sentido, mais parecida com a da Apple

Avatar

Por Paula Zogbi

9 de novembro de 2015 às 09:55 - Atualizado há 4 anos

Um dos maiores problemas entre os dispositivos que usam o sistema operacional Android é a fragmentação: existem mais de 18.700 versões diferentes de Android, em comparação com apenas 6 do iOS, da Apple. Isso traz consequências como dificuldades de atualização do sistema e falhas de segurança, além de incompatibilidades; tudo isso pode ser prejudicial ao usuário final.

Mas, de acordo com o The Information , o Google resolveu trabalhar diretamente com fabricantes de chips para tentar resolver a questão. Em uma reportagem exclusiva, o site disse que a gigante das buscas está em conversas com fabricantes para passar a produzir chips de acordo com os padrões do próprio Google, o que tornaria seus dispositivos mais competitivos com os da Apple no mercado de aparelhos de alta tecnologia, além de resolver as questões já mencionadas.

As discussões ocorreram durante o outono do hemisfério norte – primavera brasileira. Nelas, desenvolvedores do Google detalharam algumas das especificações que queriam no desenvolvimento dos chips, incluindo um processador principal para o telefone, de acordo com as informações do site. Isso faria com que as especificações principais de todos os aparelhos com o sistema operacional fossem semelhantes.

A ideia é que a implementação seja feita durante os próximos anos, e promete uma melhor experiência a todos os usuários de Android no futuro. Mas algumas fabricantes, como a HTC e a Samsung, já possuem boas margens de vendas e uma base de clientes fiéis, o que poderia fazer com que elas prefiram continuar a usar a tecnologia que já sabem que funciona, ao invés dessa novidade.