“Netflix dos quadrinhos” recebe investimento de R$2 milhões do Omelete

Avatar

Por Paula Zogbi

19 de novembro de 2015 às 12:25 - Atualizado há 5 anos

Logo Novo Curso

Transmissão exclusiva: Dia 08 de Março, às 21h

Descubra os elementos secretos que empresas de sucesso estão usando para se libertar do antigo modelo de Gestão Feudal de Negócios.

Inscreva-se agora
Logo Cyber Monday 2020

Só hoje, nossos melhores Cursos Executivos ou Programas Internacionais com até 50% off

Quero saber mais

Criada há dois meses, a plataforma Social Comics pretende ser uma biblioteca virtual para fãs de quadrinhos, e acaba de receber um investimento de R$2 milhões do Grupo Omelete, criador do evento Comic Con Experience (CCXP).

O Netflix das HQs custa R$19,90 mensais e já disponibiliza mais de 1.000 publicações em suas plataformas para web, iOS e Android. Sua meta é alcançar 10 mil leitores até o final do ano, quando completará 4 meses de existência. O Grupo Omelete tem a intenção de lançar a plataforma nos Estados Unidos e em outros países da América Latina.

“A grande sacada do Social Comics está no habilidoso trabalho realizado junto aos artistas, às empresas do ramo e, principalmente, aos fãs de Quadrinhos. Essa expertise é o que os distingue”, afirma Pierre Mantovani, CEO do Omelete. O app terá um stand na CCXP, que ocorre entre 3 e 6 de dezembro. Lá, contará com a presença de artistas brasileiros como Mike Deodato, que Se tornou conhecido ao desenhar em 1994 a Mulher-Maravilha, da DC Comics; e Daniel HDR, que desenha desde os 14 anos e já realizou trabalhos para a Marvel.

O Social Comics também está aberta para parcerias com artistas, que recebem com base em seu desempenho dentro do app, e para editoras que busquem novas formas de rentabilizar o catálogo. Os contatos podem ser feitos através deste link.