Monsanto e Microsoft estão de olho nas AgroTechs

Junior Borneli

Por Junior Borneli

23 de agosto de 2017 às 14:02 - Atualizado há 3 anos

Logo ReStartSe

GRATUITO, 100% ONLINE E AO VIVO

Inscreva-se para o Maior Programa de Capacitação GRATUITO para empresários, gestores, empreendedores e profissionais que desejam reduzir os impactos da Crise em 2020

A Monsanto na América do Sul, no fim do ano passado, firmou uma parceria com a Microsoft para estimular o desenvolvimento de startups que miram a inovação em agronegócios no Brasil.
“Seremos o braço de agro do Fundo BR Startups, idealizado pela Microsoft. Queremos estimular a inovação”, destacou na época Rodrigo Santos. A Microsoft já é uma das grandes parceiras do ecossistema de startups no Brasil, por meio do Fundo BR Startups.

As startups têm chamado cada vez mais a atenção das grandes empresas. Por isso, o StartSe criou a Agro Tech Conference, maior conferência sobre tecnologias para o agronegócio já feita no Brasil.

E agora a Microsoft se junta a Monsanto, uma das principais empresas de agronegócio no Brasil e no mundo e que também busca a aproximação com startups como forma de gerar inovação.
Franklin Luzes Júnior, diretor da Microsoft Participações, deu mais detalhes sobre a parceria. As startups que tenham projetos em agronegócio poderão receber de R$ 250 mil a R$ 1,5 milhão em investimentos.
“A Monsanto será a âncora do agronegócio do Fundo BR Startups”, acrescentou Luzes Júnior.
O ciclo deverá durar 10 anos: seis para a realização de investimentos e quatro para desinvestimentos, com o encerramento do Fundo após esse período.

Para saber mais sobre a conferência com Agro Techs, clique aqui e conheça todo o programa.