Ministério e iniciativa privada podem injetar R$ 100 milhões em inovação

Da Redação

Por Da Redação

5 de outubro de 2016 às 16:43 - Atualizado há 4 anos

Logo ReStartSe

Inscreva-se para o maior e mais audacioso evento de inovação, tecnologia e transformação digital já feito na América Latina. 30 dias que vão mudar sua visão de mundo, dos seus negócios e da sua carreira.

Online e totalmente gratuito - 01 a 30 de outubro/2020

Gilberto Kassab, o ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, anunciou na semana passada uma nova chamada pública para projetos inovadores que poderão ter aporte de até R$ 100 milhões. Seriam R$ 20 milhões do MCTIC e o restante da iniciativa privada e de unidades de pesquisa.

Durante o anúncio, Kassab fez um pedido formal de apoio aos líderes empresariais da MEI (Mobilização Empresarial pela Inovação) com os quais se reuniu na sede da CNI (Confederação Nacional da Indústria), em São Paulo. Ele quer sensibilizar as instituições para manter o orçamento proposto para pesquisas, tecnologia e inovação em 2017.

“Os investimentos em pesquisas, tecnologia e inovação são fundamentais não apenas para o desenvolvimento econômico sustentável como para elevar a competitividade das nações. Por isso, é fundamental que a MEI e a CNI se unam a nós para sensibilizar as instituições e a sociedade de que preservar o orçamento proposto para 2017 é essencial para o Brasil”, defendeu Kassab.

A expectativa do ministério é que o Congresso mantenha o orçamento proposto para 2017, que prevê R$ 5,19 bilhões para as áreas científicas, o que é 21,7% a mais que os recursos reservados para este ano. Quando é contabilizado também o setor de comunicações, o orçamento sobe para R$ 5,76 bilhões.

[php snippet=5]
E não deixe de entrar no grupo de discussão do StartSe no Facebook!