Microsoft e Google acirram disputa pela liderança no mercado educacional

Avatar

Por Júnior Borneli

2 de março de 2017 às 09:56 - Atualizado há 4 anos

Logo ReStartSe

Inscreva-se para o maior e mais audacioso evento de inovação, tecnologia e transformação digital já feito na América Latina. 30 dias que vão mudar sua visão de mundo, dos seus negócios e da sua carreira.

Online e totalmente gratuito - 01 a 30 de outubro/2020

A Microsoft lançou, no final do ano passado, o programa Intune for Education, uma nova camada do seu serviço corporativo de aplicativos e gerenciamento de dispositivos, que é especificamente destinado ao segmento educacional. Além disso, a empresa anunciou que alguns de seus parceiros logo começarão a comercializar uma variedade mais ampla de computadores com Windows 10 com preços acessíveis para escolas e universidades.

Este movimento acontece logo depois que o Google anunciou uma nova estratégia para ampliar a presença dos seus Chromebooks nas escolas e anunciou parceria com fabricantes como Acer e de Asus.

A disputa pela introdução de tecnologia nas escolas está cada vez mais acirrada e esse tema será abordado durante o Edtech Class, evento que vai falar sobre as principais inovações tecnológicas para o setor educacional.

Do lado da Microsoft, existe a certeza de que os novos computadores oferecidos pela empresa “oferecem o poder, o desempenho e a segurança que as escolas, pelo mesmo preço que se paga pelos Chromebooks do Google”.

Com Intune para Educação, a administração escolar e os professores podem gerenciar mais facilmente os PCs que usam em suas escolas e salas de aula – algo que é especialmente importante porque em muitas escolas, os professores têm que servir também como suporte técnico para os alunos. Esse gerenciamento permite, por exemplo, que os professores decidam quais e quando alguns aplicativos podem ser utilizados pelos alunos, otimizando assim o aprendizado.

Tudo isso é, naturalmente, integrado ao Office 365 for Education, que apresenta todas as ferramentas de produtividade clássicas da Microsoft.

Quanto ao novo hardware, a Microsoft diz que seus parceiros se concentraram na robustez e na acessibilidade. Além de ótimo desempenho, as máquinas apresentam teclado resistente a líquidos e tela resistente à pressão, por exemplo.

Para entender mais sobre como a tecnologia está impactando a educação, participe do Edtech Class e se junte a outros 400 executivos do mercado educacional para discutir o futuro do ensino. Acesse o site www.edtechclass.com.br.