Medicina Disruptiva: a era dos 100 anos

Junior Borneli

Por Junior Borneli

6 de fevereiro de 2018 às 08:04 - Atualizado há 3 anos

Logo ReStartSe

GRATUITO, 100% ONLINE E AO VIVO

Inscreva-se para o Maior Programa de Capacitação GRATUITO para empresários, gestores, empreendedores e profissionais que desejam reduzir os impactos da Crise em 2020

A geração que nasce hoje viverá 100 anos. Muitos chegarão aos 120 anos. Pessoas terão câncer duas ou três vezes ao longo da vida. Nunca foi tão importante evoluir em diagnósticos e tratamentos como agora.

Grandes empresas, sejam elas ligadas ou não ao setor de saúde, estão criando soluções que possibilitem uma vida mais longa e saudável para as futuras gerações.

Algumas tecnologias como Crispr, Impressão 3D em massa, Pílulas Digitais, Big Data, Inteligência Artificial, Algoritmos Preventivos  e Nanorobótica já são realidade e em alguns anos estarão presentes na maioria dos hospitais.

Estamos no início de um movimento onde a cura virá antes da doença. Alguns softwares, dotados de inteligência artificial, já são capazes de gerar algoritmos exponenciais, capazes de realizar bilhões de análises e identificar doenças antes mesmo que elas se manifestem. Isso causará um impacto gigantesco nas pessoas, nas indústrias e nas políticas de saúde pública.

Essas inovações – e o futuro da Medicina – serão debatidas durante a maior conferência sobre Health Tech já feita no Brasil. Na primeira edição, em 2017, mais de 1 mil médicos se reuniram para conhecer as principais inovações que surgiram através de startups nos últimos anos.

Para a edição de 2018, esperamos receber cerca de 2 mil médicos, profissionais de saúde e executivos da indústria farmacêutica. Será um momento ímpar.

Acesse o site do Health Tech Conference e garanta já o seu lugar.