Maior congresso de TI do mundo acontece em Brasília na próxima semana

Avatar

Por Lucas Bicudo

29 de setembro de 2016 às 13:19 - Atualizado há 4 anos

Logo ReStartSe

Inscreva-se para o maior e mais audacioso evento de inovação, tecnologia e transformação digital já feito na América Latina. 30 dias que vão mudar sua visão de mundo, dos seus negócios e da sua carreira.

Online e totalmente gratuito - 01 a 30 de outubro/2020

A 20ª edição do Congresso Mundial de Tecnologia da Informação (WCIT) acontece pela primeira vez na América do Sul, entre os dias 3 e 5 de outubro, no CICB – Centro de Convenções Internacional do Brasil, na capital Brasília.

Promovido pela World Information Technology and Services Alliance (WITSA) e a Federação das Associações Brasileiras de Empresas de Tecnologia da Informação (Assespro), o WCIT Brasil 2016 reunirá empresários, investidores, CEO’s, acadêmicos e personalidades da cadeia Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) de mais de 80 países.

“Serão mais de dois mil líderes empresariais, profissionais e acadêmicos da área discutindo temas inerentes às promessas da Era Digital e gerando negócios futuros capazes de internacionalizar marcas e potencializar a participação brasileiro no cenário da TIC global. O convite é para que as empresas do setor possam interagir e pensar em novas soluções para garantir o acesso de todos às inovações do mercado. As marcas de destaque poderão compartilhar experiências e colaborar com o desenvolvimento local e internacional de políticas públicas e privadas que gerem benefícios para os mercados menores, além de fechar parcerias e investir em ideias que surgem ao redor do mundo”, afirma Jeovani Salomão, presidente da Assespro.

Ao longo dos três dias, serão ministradas palestras com grandes nomes do universo da Tecnologia da Informação, como Vint Cerf, vice-presidente e Chief Evangelist of Internet do Google, considerado o “pai da internet”; Mukhisa Kituyi, secretário-geral da Conferência das Nações Unidas sobre Comércio e Desenvolvimento (UNCTAD); e Georgia Papathomas, vice-presidente e CIO da Johnson & Johnson; Alan Marcus, diretor sênior de TI e Telecomunicações do Fórum Econômico Mundial; e George Newstrom, presidente do Grupo Dell Services Federal Government, Inc. Veja a programação completa aqui.

Entre os expositores, estarão: Google, Microsoft, Apex/SOFTEX e CGI.

O Estudo do Mercado Brasileiro de Software e Serviços, realizado pela ABES, revelou que o país atingiu, em 2015, o patamar de 7º país em investimentos em TI, ocupando também o 1º lugar em investimentos na América Latina. A cifra chega a US$ 17,2 bilhões investidos em software e serviços. A pesquisa aponta ainda um crescimento de 9,2% em 2015.

Para Salomão, tais níveis de investimento são consequência direta do grande crescimento do uso da internet no Brasil. Segundo dados do IBGE, em 2014, 54,9% dos brasileiros já tinham acesso à rede, somando o número de 95,4 milhões de brasileiros.

Estes números são um grande incentivo para o turismo de negócios, que já se tornou o segundo maior atrativo para visitas de estrangeiros.

“O brasileiro está cada vez mais conectado e a internet mais presente nas mais diversas tarefas cotidianas. A tecnologia da informação tem essa característica transversal, perpassa as diversas camadas da sociedade, desde o laser até os negócios”, conclui o presidente da Assespro.

Quem faz coro ao discurso é Santiago Gutierrez, presidente da Aliança Mundial de TI e Serviços (WITSA), realizadora global do congresso: “A escolha do Brasil como sede do WCIT deste ano deve-se ao destaque do país no cenário tecnológico”.

As inscrições podem ser realizadas pelo site. Os preços variam para cada tipo de congressista. Os valores são de R$ 1.250 para estudantes; R$ 2.000 para membros da Assespro; R$ 2.500 para participantes em geral; e o valor para somente um dia de evento é de R$ 1.150.

Existem também preços especiais para grupos. Os descontos são de 5% para grupos de até cinco pessoas; 10% para grupos de até dez pessoas; e 15% de desconto para grupos de até 15 pessoas. No local, as inscrições custarão R$ 3.000 por cada participante. Também é possível realizar o pagamento por boleto bancário até o dia 29 de setembro; ou com cartão de crédito.

A inscrição inclui também coffe break (manhã e tarde), almoço, coquetel de abertura, jantar de encerramento, reuniões B2B e material (bolsa, caneta, caderno, programa e certificado). Para estudantes e associados, é necessário que seja encaminhada a documentação comprobatória pelo site.

[php snippet=5]
E não deixe de entrar no grupo de discussão do StartSe no Facebook!