L´Oréal premia com R$ 100.000,00 startup vencedora do hackathon Beautyhack

Da Redação

Por Da Redação

28 de março de 2016 às 14:10 - Atualizado há 5 anos

Logo Black Friday 2020

Nossos melhores Cursos Executivos ou Programas Internacionais com até 50% off

Quero saber mais

Vem aí a melhor formação de líderes do Brasil

Logo Liderança Exponencial Aprenda as novas competências fundamentais para desenvolver uma liderança exponencial e desenvolva diferenciais competitivos para se tornar um profissional de destaque no mercado.

100% online, aulas ao vivo e gravadas

Próxima turma: De 14 a 17/Dez, das 19hs às 22hs

Inscreva-se agora

Neomode apresentou aplicativo omnichannel e outros três foram premiados com R$ 10.000,00 cada no concurso, terceiro nesse formato na L´Oréal mundial.

A L´Oréal premiou a startup Neomode com o valor de R$ 100.000,00 pelo desenvolvimento do aplicativo móvel MAYBEONLINE, para sua linha Maybilline. O aplicativo se propõe a integrar canais de venda e distribuição dos produtos da marca, nos ambientes on e off-line (O2O), oferecendo de forma integrada uma loja de m-commerce completa (com carrinho de compras, lista de desejos e conexão com gateway de pagamento), consulta online antecipada de disponibilidade de produtos em quiosques, pré-reserva de produtos no app, otimizando tendo de atendimento no ponto de venda, vídeos com consultoria de beleza, entre outras funcionalidades.

AAA_ 01097

O projeto Beautyhack, terceiro no gênero realizado pela empresa, tem como um de seus objetivos aproximar a companhia do potencial de inovação e criatividade do mundo das startups, numa tendência hoje chamada de corporate venture, que vem se consolidando no mundo corporativo internacionalmente.

Foram também premiadas as startups Rag Softwares, Points Rocket e Inovalabs, vencedoras respectivamente dos desafios propostos para as linhas Luxo, Profissional e Dermaclub.

Em seu discurso de finalização do evento, Paula Costa, Diretora de Marketing da L´Oréal, enfatizou que a L`Oréal teve seus objetivos atingidos e que “a qualidade dos projetos apresentados for surpreendente”.

Inscreveram-se inicialmente 107 projetos, dos quais foram selecionados 15 para participar do hackathon, que durou dois dias, tendo sido realizado no Cubo, em São Paulo, co-work do Itaú e da Red Point eVentures.

Durante as 27 horas do hackathon, consultores da L´Oréal, da Endeavor e do Sebrae (parceiros do projeto) fizeram a mentoria das startups. Na madrugada do sábado para o domingo, uma drag queen maquiada com produtos L´Oréal invadiu a sala, para animar os exaustos desenvolvedores.

Na abertura dos trabalhos, além do discurso do Presidente da companhia, Didier Tisserand, quatro apresentações inspiraram os representantes das startups: Tallis Gomes, fundador do Easy Taxi; Manoel Lemos, sócio da Red Point eVentures; Flavio Pripras, Managing Director do Cubo; e João Kepler, dos Anjos do Brasil, considerado o mais destacado investidor anjo do País atualmente.

Fizeram parte do júri do Beautyhack, como representantes da L´Oréal, Paula Costa, Diretora de Marketing; Barbara Fortes, Diretora de Varejo; Mikael Henry, Diretor Geral de Produtos Profissionais; e Julia Seve, Diretora Geral da área de Cosmética Ativa (responsável por Dermaclub). E como membros convidados, Arthur Souza, Head de engenharia de soluções do Facebook; Leo Xavier, Sócio Fundador e CEO da PontoMobi; Marcio Britto, Coordenador Nacional de Startups do Sebrae; e Pyr Marcondes, Diretor Executivo da M&M Consulting.

O projeto foi concebido e produzido pela M&M Consulting, em parceria com StartSe, maior portal de startups do país e plataforma de conexão para startups.