KPMG compra startup Matchi e se aproxima de fintechs

Junior Borneli

Por Junior Borneli

3 de julho de 2017 às 22:32 - Atualizado há 4 anos

Logo Novo Curso

Transmissão exclusiva: Dia 08 de Março, às 21h

Descubra os elementos secretos que empresas de sucesso estão usando para se libertar do antigo modelo de Gestão Feudal de Negócios.

Inscreva-se agora
Logo Cyber Monday 2020

Só hoje, nossos melhores Cursos Executivos ou Programas Internacionais com até 50% off

Quero saber mais

A startup Matchi, criada em 2013 para funcionar como ponto de ligação entre instituições financeiras e empresas inovadoras na área fintech, foi adquirida pela KPMG Internacional. A empresa é uma plataforma que já conectou cerca de 100 bancos e seguradoras a novas soluções de pagamento, tecnologia relacionada com conformidade e regulação, blockchain e seguros.

Antes de entrarem na plataforma, as empresas inovadoras e as soluções de fintech são submetidas a um processo de seleção e qualificação. Uma vez integradas, ficam disponíveis para as instituições financeiras que procurem parceiros ou soluções específicas para inovarem os seus processos. É nessa fase que a expertise da KPMG, uma das maiores empresas de consultoria e auditoria do mundo, pode somar.

O montante do negócio entre a consultora e a startup não foi revelado. Para a KPMG, esta aquisição dará acesso a uma plataforma que contém mais de 2500 empresas e 700 soluções fintech, endereçando um sector essencial para os seus negócios, o financeiro.

As fintechs têm atraído cada vez mais a atenção dos grandes bancos e de grandes empresas de outros setores. Por conta disso, o StartSe criou o Fintouch, em parceria com a Associação Brasileira de Fintechs, para apresentar ao mercado as principais inovações dessa área.

Para conhecer mais sobre o evento, que é o maior desse segmento já feito no Brasil, acesse o site www.fintouch.com.br.