Jeff Bezos é retratado como um super vilão em episódio de South Park

Da Redação

Por Da Redação

7 de dezembro de 2018 às 10:45 - Atualizado há 2 anos

Logo ReStartSe

Inscreva-se para o maior e mais audacioso evento de inovação, tecnologia e transformação digital já feito na América Latina. 30 dias que vão mudar sua visão de mundo, dos seus negócios e da sua carreira.

Online e totalmente gratuito - 01 a 30 de outubro/2020

Jeff Bezos, o fundador da Amazon, foi ridicularizado no episódio de South Park, exibido nesta quarta-feira (5),como um super vilão com poderes telepáticos.

O episódio, intitulado “Não cumprido” teve como referência os protestos recentes de milhares de colaboradores dos centros de distribuição da Amazon. As manifestação ocorreram no feriado da Black Friday sob a justificativa de condições inumanas de trabalho.

No episódio, Bezos aparece como um supervilão com uma cabeça enorme que se comunica telepaticamente. Ele intimida a prefeita da cidade de South Park, depois que os trabalhadores da Amazon no município fictício entram em greve.

Em uma cena, um executivo da empresa (em uma referência direta a Amazon) é exibido trabalhando com um semblante resignado, enquanto a trilha musical canta uma música de Johnny Cash, cujo título é Sixteen Tons. O trecho da música em South Park é:

“Você carrega dezesseis toneladas, o que você ganha
outro dia mais velho e mais endividado
São Pedro, não me ligue porque eu não posso ir
Eu devo minha alma à loja da empresa”

Na vida real, as condições de trabalho da Amazon também foram questionadas, em inúmeros relatos de trabalhadores, em New Jersey, nos Estados Unidos, em novembro. O gatilho para as críticas aconteceu após funcionários terem sido hospitalizados depois que uma máquina explodiu no centro de distribuição.