Jack Ma, criador do Alibaba, vai investir em startups

Avatar

Por Júnior Borneli

1 de março de 2015 às 17:16 - Atualizado há 6 anos

Logo ReStartSe

Inscreva-se para o maior e mais audacioso evento de inovação, tecnologia e transformação digital já feito na América Latina. 30 dias que vão mudar sua visão de mundo, dos seus negócios e da sua carreira.

Online e totalmente gratuito - 01 a 30 de outubro/2020

O chinês Jack Ma, criador do Alibaba, é o 30° homem mais rico do mundo, com uma fortuna estimada em US$ 22,2 bilhões, segundo a Forbes.

A trajetória de Ma já é bastante conhecida e a história de que ele não era um bom aluno ganhou destaque mundial quando ele relevou que foi recusado por Harvard 10 vezes e levou 7 anos para completar o ensino fundamental.

Talvez seja por isso que ele resolveu, há pouco tempo, criar um programa para auxiliar “gênios incompreendidos” como ele, que têm projetos inovadores mas precisam de um empurrão para darem certo.

Daí surgiu a iniciativa de criar a Alibaba Hong Kong Young Enterpreneurs Foundation, uma instituição cuja missão é encontrar startups chinesas com ideias promissoras. O programa funcionará, ainda, como um processo de seleção para contratação anual de 200 jovens talentos que estejam cursando universidades chinesas.

O valor desprendido por Jack Ma para esse projeto foi de US$ 129 milhões e o objetivo é encontrar empresas que possam ser tão grandes ou maiores do que o próprio Alibaba.