Itaú faz inauguração do Cubo, seu espaço de coworking e apoio a startups

O Itaú é o principal sócio da iniciativa, que tem participação da RedPoint e-ventures e apoio de grandes empresas

Avatar

Por Da Redação

10 de setembro de 2015 às 13:20 - Atualizado há 4 anos

Foi inaugurado hoje pela manhã o Cubo, um grande centro de empreendedorismo tecnológico, sem fins lucrativos. A sede do Cubo tem mais de 5.000 m² de área e comporta até 250 empreendedores e 50 startups.

Além do ambiente de coworking, o espaço conta com auditório para 130 pessoas, cafeteria, salas para cursos e um espaço para eventos na cobertura do prédio.

Os empreendedores apoiados pelo Cubo contarão com o apoio de mentores especializados nos mais diversos temas e também terão acesso a uma plataforma de educação empreendedora que prevê workshops, palestras e promoção de eventos para empreendedores e interessados no setor.

Outro diferencial do centro é a criação de uma rede de conexões global entre diversos agentes do mercado – empreendedores, empresas de tecnologia, investidores, estudantes, universidades, entidades do setor, entre outros, a fim de desenvolver soluções inovadoras para a sociedade. Além disso, o Cubo irá oferecer um centro de eventos e congregação para o ecossistema de startups digitais do Brasil e América Latina.

O Itaú é o sócio mantenedor e o principal provedor de recursos para o Cubo. A seleção de startups e as atividades de educação empreendedora terão curadoria da Redpoint e.ventures, e serão realizadas pela equipe de especialistas da companhia.

O espaço abriu suas portas hoje, 10 de setembro, com uma programação de 12 horas de atividades e a presença de startups, investidores, grandes empresas, empreendedores e profissionais que são referência no ecossistema de empreendedorismo.

Às 9 horas, Marcio Schettini, diretor geral de tecnologia e operações do Itaú Unibanco, e Anderson Thees, sócio-fundador da Redpoint eventures, inauguraram o Cubo. Na sequência, houve um keynote com a intermediação de Romero Rodrigues, um dos fundadores do Buscapé, e as participações de Andy Rubin, cofundador da Danger Inc. e criador do sistema operacional Android, e Jeff Brody, sócio-fundador da Redpoint. Nizan Guanaes, presidente do Grupo ABC, participa de outro keynote à tarde.