iPhone vai dar uma péssima notícia para a Apple pela 1ª vez na história

Da Redação

Por Da Redação

29 de dezembro de 2015 às 16:28 - Atualizado há 5 anos

Vem aí a melhor formação de líderes do Brasil

Logo Liderança Exponencial Aprenda as novas competências fundamentais para desenvolver uma liderança exponencial e desenvolva diferenciais competitivos para se tornar um profissional de destaque no mercado.

100% online, aulas ao vivo e gravadas

Próxima turma: De 14 a 17/Dez, das 19hs às 22hs

Inscreva-se agora

Nunca antes na história o iPhone havia registrado queda nas vendas. Devemos ver a 1ª delas no último trimestre de 2015, mostra a Digi-Times.

O aparelho, praticamente sozinho, fez com que a Apple se tornasse a empresa mais valiosa do mundo. E o sucesso do iPhone 6 (o primeiro celular de tela grande da Apple) foi tanto que pode ter criado um “pico” de vendas. 

A Digi-Times vê uma queda de 5-10% no número de entregas de iPhone, de acordo com a cadeia de fornecedores da empresa em Taiwan. Grandes nomes que analisam a empresa, como Morgan Stanley, Credit Suisse e Baird, acreditam que o iPhone terá sua primeira queda, mesmo que seja uma queda mais fraca que 10% (o Morgan estima 2,9%, por exemplo)

Essa queda pode afetar a indústria toda como um todo: a maior parte das manufatureiras de iPhone já cortou as famosas horas extras que foram necessárias quando o iPhone 6 estourou de vez. O Credit Suisse acredita que serão vendidos 90 milhões de iPhones no trimestre terminado em dezembro e apenas 55 milhões no trimestre que termina em março. Ainda sim, um número sensacional.