iOS 9 trava iPhones e iPad mais antigos e causa problemas para usuários

Avatar

Por Juliana Américo

21 de setembro de 2015 às 13:07 - Atualizado há 5 anos

Logo ReStartSe

Inscreva-se para o maior e mais audacioso evento de inovação, tecnologia e transformação digital já feito na América Latina. 30 dias que vão mudar sua visão de mundo, dos seus negócios e da sua carreira.

Online e totalmente gratuito - 01 a 30 de outubro/2020

SÃO PAULO – Lançado na última quarta-feira (16), o iOS 9 promete novidades para os usuários dos dispositivos da Apple. No entanto, muitos clientes tiveram uma surpresa ruim ao atualizar o sistema operacional em iPhones e iPads antigos da marca.

Em redes sociais e comentários de noticias, um número significante de usuários se queixaram que o novo iOS travou os aparelhos iPhone 4S e iPad 2, impedindo que os proprietários tenham acesso aos dados e aplicativos.

De acordo com o site Business Insider, consumidora norte-americana Zorry Coates relatou no Twitter que foi até a loja da Apple para tentar solucionar a questão. A empresa, então, orientou que ela reiniciasse o celular, perdendo todos os dados não salvos, ou esperar uma atualização para o bug. 

“Eles disseram que estavam cientes do problema e seus engenheiros estavam trabalhando nisso, mas que não podiam me dizer quando – ou como – eu teria uma solução”, afirmou Zorry.

O InfoMoney teve a oportunidade de presenciar o caso de um iPhone 4S que acabou travando com o iOS 9. Após conseguir fazer o download do sistema operacional, o que levou em torno de umas três horas, o celular começou a atualizar normalmente, solicitando a escolha de uma rede de Wi-Fi. No entanto, logo depois aparece uma tela branca com a frase “Deslize para atualizar”, mas ao tentar deslizar o dedo da esquerda para a direita, o aparelho continua bloqueado.

Mesmo após ser resetado e conectado ao computador para tentar a atualização pelo iTunes, o iPhone 4S continuou inutilizável. Os mais críticos em relação às empresas de tecnologia afirmam que esta é uma forma das companhias fazerem com que seus consumidores troquem com mais frequências os dispositivos móveis, que entre dois e três anos já são considerados obsoletos.

Procurada pelo InfoMoney,  a assessoria de imprensa da Apple não se pronunciou sobre a falha até o momento da publicação desta matéria.