IDWall recebe novo investimento de R$ 2 milhões de Monashees e Canary

Da Redação

Por Da Redação

20 de março de 2017 às 19:38 - Atualizado há 4 anos

Logo ReStartSe

Inscreva-se para o maior e mais audacioso evento de inovação, tecnologia e transformação digital já feito na América Latina. 30 dias que vão mudar sua visão de mundo, dos seus negócios e da sua carreira.

Online e totalmente gratuito - 01 a 30 de outubro/2020

Uma das fintechs mais promissoras do Brasil, a IDWall acaba de levantar mais R$ 2 milhões. A companhia chega próximo dos R$ 3 milhões, somando os R$ 250 mil de um investimento anterior – liderado por Bruno Yoshimura da Kekanto e Rodrigo Dantas da Vindi – e R$ 500 mil de quando a empresa foi acelerada pela 500 Startups.

Dessa vez, o investimento vem de grandes nomes, os fundos de investimentos Canary.VC, formados pelos fundadores do Peixe Urbano e Printi, que fez seu primeiro investimento, e a Monashees, um dos fundos mais fortes no ecossistema brasileiro.

A empresa foi fundada apenas sete meses atrás, mas já é considerada uma das grandes do setor de fintech no Brasil, sobretudo pela aceleração no Vale do Silício e por ter sido selecionada para a 2ª turma do Google Campus São Paulo. Ela vem chamando tanta atenção que o seu fundador, Lincoln Ando, destaca que teve que recusar alguns investidores americanos por conta dos pré-acordos fechados no Brasil.

Nascida após a fundação do Banco Original

Os dois cofundadores da empresa, Lincoln e Raphael Melo, trabalharam juntos na fundação do Banco Original. Lá, resolveram validar sua ideia para a IDWall, que tinha como intuito resolver um problema gigantesco de R$ 11 bilhões, que é quanto se perde por conta de casos de fraudes com documentação falsa usada em cadastros e abertura de contas bancárias. Problema que a IDWall resolveu encarar.

O problema é tão grande que mais de 100 empresas esperam para usar a ferramenta da empresa, entre bancos, adquirentes, facilitadores de pagamento e financeiras. Agora, capitalizados com os R$ 2 milhões da Monashees e Canary, a empresa se estrutura para poder suprir essa demanda e resolver o problema de R$ 11 bilhões.

Para ajudar empreendedores a emularem, criamos um e-book de como montar seu pitch perfeito para atrair investidores, que vai te ajudar e muito na hora de abordar um potencial investidor. Se seguir esses passos, garantimos que vai passar as suas ideias de um jeito muito mais efetivo para os investidores potenciais.

Faça parte do maior conector do ecossistema de startups brasileiro! Não deixe de entrar no grupo de discussão do StartSe no Facebook e de inscrever-se na nossa newsletter para receber o melhor de nosso conteúdo!

[php snippet=5]