Google tentou comprar o Twitter e o mercado espera nova tentativa

Da Redação

Por Da Redação

16 de junho de 2016 às 16:09 - Atualizado há 4 anos

Logo ReStartSe

Inscreva-se para o maior e mais audacioso evento de inovação, tecnologia e transformação digital já feito na América Latina. 30 dias que vão mudar sua visão de mundo, dos seus negócios e da sua carreira.

Online e totalmente gratuito - 01 a 30 de outubro/2020

O Google tentou comprar o Twitter algum tempo atrás, mas não conseguiu. O Facebook também tentou comprar a rede social, duas vezes, mas foi recusado em ambas – e agora parece que está mais interessado em tentar destruir a “rede social do passarinho”.

Desde que a Microsoft comprou o LinkedIn por US$ 26,2 bilhões, a conversa é de que o Google pode fazer alguma grande aquisição para combater o império comandado por Satya Nadella. Contudo, o Twitter, embora seja um ativo disponível em termos financeiros, não é exatamente uma “rede social corporativa” que a Microsoft adquiriu. O Slack seria uma compra mais óbvia para o Google, se essa fosse a intenção.

Então por que espera-se uma tentativa do Google em comprar o Twitter? Para melhorar a busca (integrando tweets ao sistema de busca) e, enfim, ter uma rede social de sucesso no Google (o Orkut só fez sucesso no Brasil e o Google Plus é um cemitério de tão tranquilo). Tanto o mercado espera uma nova tentativa de aquisição que as ações do Twitter já subiram mais de 10% esta semana, após a compra do LinkedIn.

E conforme mostra a revista Vanity Fair, Larry Page já tentou comprar o Twitter em 2011. Uma proposta tão secreta quis ele não nem falar em voz alta: chamou Jack Dorsey, CEO da companhia na época e hoje também, para conversar, sentou ao seu lado (embaraçadamente perto) e falou ao seu ouvido sua oferta, bem baixinho (Page tem uma paralisia nas cordas vocais, mas não é para tanto!). Dorsey recusou na época.

Agora, aparentemente, Page não tem interesse em comprar o Twitter, mas Sundar Pichai, o atual CEO do Google (Page é CEO da Alphabet, agora), teria sim um interesse em abrir a carteira. Valendo apenas US$ 11 bilhões e com 300 milhões de usuários, o Twitter parece uma barganha para muita gente.

Mensagem do Editor

Ei, tudo bom?

Gostaria de agradecer pela visita! Meu nome é Felipe Moreno, sou editor-chefe do StartSe e, como muito de vocês, dono de uma (minúscula) startup de mídia.

E vou te fazer um pequeno convite: vamos bater um papo! É só se cadastrar aqui embaixo e eu vou te enviar alguns e-mails para você com o melhor do nosso conteúdo para te ajudar, seja você um empreendedor, funcionário, investidor ou apenas interessado neste maravilhoso mundo!

É um caminho de comunicação direto que nenhum outro portal oferece para seus leitores. E a intenção é construir uma comunidade vibrante que esteja preparada para todos os enormes desafios que virão. Vamos construir conhecimento e conteúdo juntos! Conto muito com a presença de vocês neste papo!
[php snippet=5]