Google paga US$ 1 bilhão para se manter como mecanismo padrão de buscas no iPhone

Acordo prevê também a divisão das receitas geradas a partir dos anúncios exibidos nas pesquisas

Avatar

Por Júnior Borneli

22 de janeiro de 2016 às 10:28 - Atualizado há 4 anos

Segundo notícia veiculada pelo site americano Business Insider, em 2014 o Google pagou US$ 1 bilhão de dólares para a Apple para se manter como o mecanismo de buscas padrão no iPhone.

De acordo com relatórios divulgados pela Bloomberg, o Google fez ainda um acordo de compartilhamento de receitas com ao Apple onde 34% das receitas geradas com os anúncios exibidos nos resultados de pesquisas feitas a partir de iPhones ou iPads fica para a empresa criada por Steve Jobs.

O valor dessa operação não foi divulgado e é mantido em sigilo pelas duas empresas. O Google preferia que esses números ficassem em segredo, mas a Oracle acabou vazando o número junto com o quanto dinheiro a plataforma Android tem gerado para o Google: US$ 31 bilhões, com US$ 22 bilhões em lucro.

Contudo, recentemente, parece que a Apple tem ficado mais interessada em tomar esse mercado de uma vez por todas das mãos do Google, em um movimento que tem sido chamado como um “grande plano da Apple para prejudicar o Google“.