Google está se preparando para virar uma operadora de telefonia celular

Operadoras não estão felizes com a chegada de uma nova rival que pode derrubar os preços dos serviços

Avatar

Por Juliana Américo

23 de janeiro de 2015 às 15:14 - Atualizado há 5 anos

SÃO PAULO – Se você achou que não tinha mais área para o Google estar presente, se enganou. A empresa anunciou na última quarta-feira (21) que irá se tornar uma operadora celular dos Estados Unidos.

Segundo o site Android Authority, será uma operadora MVNO (Mobile Virtual Network), algo como Operadora Móvel Virtual, ou seja, sem torres de transmissão e estações rádio base. O Google vai alugar a infraestrutura das operadoras T-Mobile e da Sprint e oferecer seus próprios pacotes diretamente aos consumidores. A empresa iria vender os pacotes de dados e ligações na própria loja de aplicativos Google Play.

No entanto, as operadoras de telefonia não estão felizes com a entrada de uma nova concorrente. O mercado além de ser acirrado, está prestes a entrar em uma guerra de preços. A companhia mexeu com mercado de banda larga ao oferecer conexões com 1 Gbps de velocidade a preços acessíveis em algumas cidades e o resultado foi um aumento do esforço das outras operadoras para oferecer conexões mais rápidas. Agora, espera-se o mesmo no mercado celular.