Google está contratando para garantir o futuro dos carros autônomos

Avatar

Por Paula Zogbi

12 de fevereiro de 2016 às 14:27 - Atualizado há 5 anos

Vem aí a melhor formação de líderes do Brasil

Logo Liderança Exponencial Aprenda as novas competências fundamentais para desenvolver uma liderança exponencial e desenvolva diferenciais competitivos para se tornar um profissional de destaque no mercado.

100% online, aulas ao vivo e gravadas

Próxima turma: De 22 a 25/Fev - 2021, das 19hs às 22hs

Inscreva-se agora
Logo Cyber Monday 2020

Só hoje, nossos melhores Cursos Executivos ou Programas Internacionais com até 50% off

Quero saber mais

O projeto do carro sem motorista do Google vai ganhar um novo empurrão.

No site que lista as vagas da companhia, foram abertas 36 posições relacionadas ao projeto do carro Google X, principalmente com especialização em manufatura.

Também há oportunidades para engenheiros para trabalhar com controle de movimentos, telas, robótica e sensores, além de gestores para operações, materiais e marketing.

Tudo isso pode significar um sinal de perigo para as montadoras tradicionais, à medida que os planos do Google, de acordo com especialistas, são de possibilitar um futuro em que as pessoas não precisem ter carros: eles estariam sempre em circulação para levar e trazer quem quisesse para onde quisesse. 

No passado, a companhia disse não ter interesse em fabricar carros – mas isso não significa não construir software. Ou seja: pode haver uma parceria com empresas que construam os veículos que receberão a tecnologia para serem completamente autônomos. Em janeiro, o próprio presidente do projeto do carro autônomo, John Krafcik, disse que gostaria de realizar parcerias com montadoras em 2016 para acelerar o processo.

Analisando a lista de empregos, imagina-se que a empresa coloca muito empenho nesse projeto. Há até uma vaga para serviços imobiliários e de ambientes de trabalhos, o que leva a crer que pode haver mais contratações em breve.

Atualmente, o carro do Google já está em fase de testes em Mountain View, na Califórnia e em Austin, no Texas.