GoMoney oferece solução mais econômica (e segura) para troca de moedas

Avatar

Por Lucas Bicudo

9 de janeiro de 2017 às 15:10 - Atualizado há 4 anos

Logo ReStartSe

Inscreva-se para o maior e mais audacioso evento de inovação, tecnologia e transformação digital já feito na América Latina. 30 dias que vão mudar sua visão de mundo, dos seus negócios e da sua carreira.

Online e totalmente gratuito - 01 a 30 de outubro/2020

O aplicativo GoMoney é destinado principalmente a viajantes que querem negociar seu próprio valor ao trocar dinheiro, sem burocracia e com economia.

Mas como garantir a segurança e tornar a experiência ainda melhor?

Um diferencial fundamental do GoMoney é que, apesar de usar geolocalização, o app não divulga a localização exata de quem está oferecendo a moeda para vender. O interessado vê um raio no qual a pessoa se encontra e os dois, via chat, marcam um encontro, de preferência em local público, para realizar a transação.

O app também conta com um sistema de avaliação entre usuários que classificam em um ranking os melhores contatos com quem fizeram negócio.

Outro ponto é o fato de o GoMoney cruzar os contatos do Facebook do usuário para ele ter uma noção da procedência e saber se a pessoa é razoavelmente confiável.

“Também damos dicas de segurança no site, no app e na Fan Page”, ressalta Maurício Pires. Ele é CEO da empresa, administrador formado em Stanford e já atuou na área de segurança da informação.

É uma ótima alternativa para quem pensa em ir para o exterior ou vir para o Brasil e precisa trocar moeda de forma independente e econômica.

Para Daniel Lopes, usuário do aplicativo, a experiência de trocar moeda com pessoas desconhecidas foi bastante agradável.

“Conheci pessoas interessantes e com pontos em comum. Em nenhum momento fiquei desconfortável em relação à segurança, pois marcamos em locais públicos. Achei incrível o poder de integração do app. Além de troca de moedas, ele nos permite a troca de experiências”.

O GoMoney oferece, além de câmbio, a possibilidade de comprar ou vender ouro, prata e bitcoin.

O app está disponível gratuitamente desde o fim do ano passado e também pode ser instalado através do formato Webapp. O acesso é feito através do site, que conta, inclusive, com um blog com dicas sobre turismo.

Não deixe de entrar no grupo de discussão do StartSe no Facebook e de inscrever-se na nossa newsletter para receber o melhor de nosso conteúdo!

[php snippet=5]