Glassdoor adquire startup brasileira Love Mondays e quer investir pesado

Da Redação

Por Da Redação

8 de setembro de 2016 às 17:42 - Atualizado há 4 anos

Logo ReStartSe

GRATUITO, 100% ONLINE E AO VIVO

Inscreva-se para o Maior Programa de Capacitação GRATUITO para empresários, gestores, empreendedores e profissionais que desejam reduzir os impactos da Crise em 2020

Glassdoor adquiriu a startup brasileira Love Mondays, por uma quantia não divulgada. As empresas possuem um de atuação parecido, em que as pessoas avaliam de empresas, salários e vagas de emprego. A Love Mondays era chamada de “Brazilian Glassdoor”.

Esta é a segunda aquisição feita pela empresa norte-americana, a primeira fora dos Estados Unidos – e a 1ª a ocorrer em 7 anos. A Glassdoor vale mais de US$ 1 bilhão (mais um unicórnio aí!), levantou US$ 40 milhões este ano, e atua em 12 países, com 6 línguas diferentes.

A companhia pretende usar a Love Mondays para crescer na América Latina. “Esta aquisição marca a entrada oficial do Glassdoor na América Latina e nos proporciona uma base sólida para desenvolvermos nossa presença na região”, afirma Robert Hohman, CEO da empresa.

Já nas próximas semanas, a Glassdoor deve adicionar ao site brasileiro seu conjunto de produtos disponíveis para empresas multinacionais interessadas em contratar profissionais no país. O Love Mondays foi lançado em 2014 por Luciana Caletti (CEO), seu Dave Curran (COO) e Shane O’Grady (CTO) e hoje conta com aproximadamente 20 funcionários em São Paulo. A empresa recebeu investimento de mais de US$ 2 milhões.

A companhia havia sido acelerada pela Aceleratech, atual ACE – que assim, realiza seu 7º exit -, e estava sendo acelerada no Google Campus. De acordo com representantes da Glassdoor, as conversas entre as companhias “duraram anos”.

[php snippet=5]
E por último, não esqueçam de entrar no grupo de discussão do StartSe no Facebook!