Gávea Angels leva investidores à Boston para semana de imersão cultural

Avatar

Por Marcos Viesti

22 de março de 2017 às 16:37 - Atualizado há 3 anos

Logo ReStartSe

GRATUITO, 100% ONLINE E AO VIVO

Inscreva-se para o Maior Programa de Capacitação GRATUITO para empresários, gestores, empreendedores e profissionais que desejam reduzir os impactos da Crise em 2020

O Gávea Angels – primeiro grupo de investidores-anjos do Brasil – organiza, de 3 a 8 de abril, a “Missão Investor’s Week in Boston”, em parceria com o Massachusetts Institute of Technology (MIT) e Harvard University. A viagem levará um grupo de investidores para uma semana de imersão no ambiente de empreendedorismo e inovação de Boston e networking internacional, além de estabelecer parcerias e conexões de co-investimento-anjo entre as Américas.

A programação da Missão comporta até 15 membros (investidores e executivos) qualificados, já com uma carteira de investimento-anjo estabelecida, de forma a gerar negócios e network entre investidores e fundos, além de conhecer o ecossistema de Boston. A agenda prevê visitas a aceleradores e, ainda, apresentações de startups que estão lá.

“Um dos grandes diferenciais que potencializa a análise e consequente investimento de grupos de investidores-anjo é a capacidade de estabelecer co-investimento com outros grupos. Esta relação de parceria é feita através do compartilhamento das seleções a serem investidas por grupos regionais com outros que podem optar por co-investir. Além disso, temos a possibilidade de formar um fundo de investimento-anjo brasileiro, com recursos de fora, que pode se tornar uma realidade em breve”, explica Ricardo Carvalho, Head da Gávea Angels de Minas Gerais e chefe da missão.

De acordo com Carvalho, o investimento-anjo é uma modalidade pouco difundida no Brasil, mas, ainda segundo ele, a legislação está mais propícia e o campo para crescimento é fértil. “Só para se ter uma referência, o Brasil, hoje, representa 0,3% dos investimentos de Venture Capital feitos no mundo. Por outro lado, nosso país está entre os 10 maiores mercados consumidores do mundo e a nova economia nos faz considerar grandes investimentos em negócios inovadores, disruptivos e de base tecnológica”, complementa.

A missão aproveitará a ocorrência do evento “Brazil Conference 2017”, que acontece nos dias 7 e 8 de Abril, em Cambridge, onde estarão startups brasileiras, investidores, em um mesmo ambiente, com o propósito de construir um espaço global para discutir o futuro do Brasil e seu papel no mundo que contará, entre outros gestores, com as presenças de Gustavo Roxo (BTG Pactual), Camila Farani (Gávea Angels/Shark Tank Brasil) e apresentação de Luciano Huck.

Segundo Richard Florida (diretor de Cidades do Instituto Martin Prosperity da Universidade de Toronto), Boston está na lista dos 20 maiores ecossistemas de inicialização global do mundo, listada na quarta posição, o que a garante como um polo consolidado com algumas vantagens, principalmente menos concorrência entre startups e fundos, quando comparado a Sao Francisco ou Nova Iorque. Você pode conhecer mais sobre a “Missão Investor’s Week in Boston” através deste site.

Faça parte do maior conector do ecossistema de startups brasileiro! Não deixe de entrar no grupo de discussão do StartSe no Facebook e de inscrever-se na nossa newsletter para receber o melhor de nosso conteúdo!

[php snippet=5]