04 dicas básicas para ganhar dinheiro com vídeos na internet

Avatar

Por Samba Tech Soluções em Vídeos Online

8 de setembro de 2017 às 10:50 - Atualizado há 3 anos

Logo ReStartSe

GRATUITO, 100% ONLINE E AO VIVO

Inscreva-se para o Maior Programa de Capacitação GRATUITO para empresários, gestores, empreendedores e profissionais que desejam reduzir os impactos da Crise em 2020

Com a popularização da internet e a relativa facilidade para se criar negócios digitais, muita gente tem apostado na produção de conteúdos como forma de ganhar dinheiro. Hoje, apesar da grande quantidade de informação disponível na internet, apenas uma pequena parte é realmente de qualidade e, por isso, muita gente está disposta a pagar para ter acesso àquilo por que se interessa.

Paralelo a isso, os vídeos são um formato de conteúdo que tem ganhado cada vez mais espaço na preferência do público e, por isso, são os “queridinhos” de quem resolve empreender com conteúdo. Conteúdos audiovisuais são mais dinâmicos, atrativos, didáticos e altamente rentáveis. E é por essas e outras que já temos muitas pessoas apostando nos vídeos e se dando bem com esses materiais – como o pessoal do MetaFlix que está mais que dobrando seu faturamento todo mês, apenas com um canal de conteúdo premium.  

E se diante desse cenário você também quer ter seu negócio de conteúdo em vídeo e quer ganhar dinheiro com isso, nós temos algumas dicas para você se dar bem.

1. Defina seu público

Essa talvez seja a dica mais importante desse artigo, afinal, não é possível alcançar o sucesso sem ter um público definido. O mundo da internet é o da cauda longa, da segmentação. Por isso, definir quem você quer impactar com o seu vídeo ajuda não apenas a definir a mensagem, mas também faz com que ela chegue mais facilmente a quem interessa.

Portanto, pense em quem é o público ideal do seu negócio e levante suas principais características, como: qual sua idade, suas preferências, hábitos na internet, seus medos, dúvidas, desejos e mais.

Aqui neste artigo você pode aprender mais sobre segmentação de mercado e sobre como direcionar seu conteúdo às pessoas certas.

2. Faça marketing pesado

Confiar na duvidosa premissa de que uma rede de vídeos bem grande fará divulgação suficiente, ou que parte da enorme audiência do site X eventualmente chegará ao seu conteúdo, não é uma boa estratégia. Construir tráfego suficiente para tornar rentável sua produção de vídeos exige esforço de marketing. É preciso alcançar clientes, fazer seu vídeo ser linkado em blogs lidos pelo seu público-alvo, divulgar seu conteúdo em anúncios no Google ou no Facebook, postá-los em todas as redes sociais em que sua empresa tiver contas e enviar newsletters a sua base de contatos.

Outra estratégia é inscrever sua produção em festivais e competições de webvídeos. Trabalhar com SEO em seu canal de vídeos também é essencial!

3. Faça o que eles pedem

Se você conhece seu público, deve sempre trabalhar no formato que ele prefere. Afinal, enquanto alguns gostam de vídeos longos e super aprofundados sobre um assunto, outros não conseguem sobreviver a mais de 3min de conteúdo. Portanto, procure entender qual tipo de vídeo é mais bem aceito por sua audiência e trabalhe com ele.

Lembre-se de fazer muitos testes também! Assim você vai confirmar ou refutar hipóteses e produzir vídeos cada vez mais adequados aos desejos do seu público.

4. Meça os resultados

Para administrar, é preciso medir. Afinal, você nunca vai saber no que pode melhorar, se não tiver uma boa ideia dos seus resultados.

Portanto, veja quais são os vídeos mais assistidos, os que têm mais retenção e engajamento, e tente ver o que há de comum entre eles. É a duração menor? Um tipo de assunto específico? Descobrir esses pontos vai te ajudar a criar materiais cada vez melhores e mais eficientes.


A grande verdade é que nenhum bom resultado aparece de uma hora para a outra, como em um passe de mágica. É sempre importante ficar atento às tendências do mercado e à boas práticas que podem revolucionar sua produção e distribuição de conteúdo.

Por exemplo, hoje já se sabe que apenas em plataformas gratuitas, como o YouTube é extremamente difícil conseguir algum retorno financeiro com conteúdo em vídeo. Portanto, é preciso encontrar outras formas de monetizar a produção – como em plataformas como o Samba Play, por exemplo.

Fique sempre atento às novidades, ouça e entenda seu público, saiba adaptar sua estratégia quando necessário, invista em um bom marketing e seja paciente! O sucesso virá se você trabalhar da maneira certa!

E para ter mais dicas sobre como ganhar dinheiro com seus vídeos, baixe o guia de como ganhar dinheiro com vídeos online, clicando aqui ou na imagem abaixo.

ganhar dinheiro com videos